compartilhar

SEM SHOW DOS ATRASADOS: Alunos começam a fazer provas do PAS 2018

Muita gente chegou cedo aos locais onde são aplicados os exames das três etapas do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília

Os mais de 56 mil candidatos que disputarão uma das 4.222 vagas oferecidas pelo Programa de Avaliação Seriada (PAS), da Universidade de Brasília (UnB), começaram a chegar cedo aos locais de prova. Muitos vieram de outras cidades para a capital federal e chegaram a enfrentar 14 horas de ônibus.

Muito antes da abertura dos portões, programada para as 12h deste domingo (9/12), Iuri Alves, 16 anos, morador da Cidade Ocidental, no Entorno Sul do Distrito Federal, estava na porta da Universidade Pioneira de Integração Social (UPIS) para prestar o exame.

Ele enfrenta a primeira etapa do exame neste domingo.

Com medo dos recorrentes atrasos de ônibus e descumprimento de horários do transporte público, o adolescente saiu de casa às 8h e, por volta das 10h, já estava no endereço da 712 Sul. “Ainda não escolhi o meu curso e também não me preparei muito. Minha maior dificuldade, com certeza, será matemática”, diz.


Estudante do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Ana Clara Abreu, 16 anos, faz a segunda etapa do PAS. Ela e outros 35 colegas de instituto saíram da capital, Palmas, e tiveram de pegar 14 horas de estrada, no sábado (8), para chegar no Distrito Federal a tempo.

WhatsApp Image 2018-12-09 at 11.45.33

Com várias folhas de resumo em mãos, Ana Clara aproveitou para dar uma última olhada no conteúdo antes da prova.

“Eu fiz a primeira fase e me saí bem. Como eu quero medicina, estudei muito. Fiz o Enem [Exame do Ensino Médio] este ano para treinar e gostei da prova. Viemos ontem [sábado], ficamos em um hotel e voltaremos amanhã [segunda] direto para a aula”, afirmou.

Colega de IFTO de Ana Clara, Gabriella Gomes, 16 anos, aluna do segundo ano do ensino médio, também fará a segunda fase.

Aluna do curso de gestão ambiental no instituto, ela ainda não escolheu a carreira que deseja seguir, mas espera algo relacionado à engenharia ou arquitetura.


Moradora de Brasília e apaixonada por história, Ingrid Gonçalves Negrão espera entrar na UnB pelo PAS ou Enem. “Pretendo me tornar professora, mas ainda não é uma escolha definitiva”, disse.

Com o desejo de ser aprovada em publicidade, Juliana Bento dos Santos, 17, deixou Goiânia, capital goiana, cedo com destino à 912 Sul, onde faz a prova. “Eu até pensei em fazer algo voltado para as artes ou ser professora, mas o cenário político não está bom para nenhuma dessas profissões. Optei por ciências sociais no PAS, mas pretendo mudar para publicidade”, conta a candidata.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS