Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

ÁGUA DERRAMANDO: Reservatório do Descoberto chega ao 8º dia consecutivo com capacidade máxima, e transborda

Volume máximo foi atingido no fim de dezembro, e se manteve até esta quinta. Sequência tinha sido registrada pela última vez em 2016.

O reservatório do Descoberto completa, nesta quinta-feira (3), o oitavo dia consecutivo com 100% da capacidade máxima de armazenamento de água. Essa sequência tinha acontecido pela última vez em 2016 – na época, foram 25 dias no volume total de operação.

A principal bacia de abastecimento de água chegou ao volume máximo no último dia 27 de dezembro.

O volume ultrapassou a altura da barragem e, com isso, a água verteu por sobre as paredes do reservatório.Barragem do Descoberto, no DF, em 27 de dezembro de 2018 — Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Cada vez que o fenômeno acontece, segundo a Companhia de Saneamento do Distrito Federal (Caesb), o volume "extra" se junta ao fluxo normal do Rio Descoberto, que é explorado pela agricultura ao longo do caminho.

Em outros casos, a força da água que sai do reservatório no Distrito Federal é reaproveitada na geração de energia quando a correnteza chega a Corumbá IV, em Goiás.

O que muda?

Ao atingir o volume máximo, o Descoberto volta a abastecer outras quatro localidades da Grande Brasília: Candangolândia, Núcleo Bandeirante e partes de Águas Claras e do Park Way.

Por causa da crise hídrica, essas regiões administrativas eram atendidas por meio de transferência de água do sistema Torto-Santa Maria para o Descoberto.

A vazão, à época, era de 230 litros por segundo.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS