compartilhar

APOIO AOS IRMÃOS MINEIROS: Polícia Civil envia peritos para ajudar a identificar vítimas de Brumadinho

Equipe é formada por peritos criminais, médicos legistas e papiloscopistas. Inicialmente, seis profissionais serão mobilizados.

A Polícia Civil do Distrito Federal informou que enviará peritos para ajudar na identificação das vítimas do rompimento da barragem, no município de Brumadinho, em Minas Gerais.

A previsão é de que, inicialmente, seis profissionais sejam mobilizados.

A equipe conta com peritos criminais, peritos médicos legistas e papiloscopistas policiais.

 

De acordo com a corporação, o número de agentes pode aumentar, caso seja necessário.

Em um comunicado, a Polícia Civil apontou que a finalidade da ação é tornar o processo de identificação das vítimas “mais célere”.

Além do suporte dos policiais, o Corpo de Bombeiros prestará apoio com 12 militares e quatro cães farejadores. A informação foi confirmada pelo governador distrital, Ibaneis Rocha (MDB), na noite deste sábado (26).

 

Tragédia em MG

 

O rompimento de uma barragem da Vale no Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), nesta sexta-feira (25) deixou um rastro de lama que deixou pessoas desaparecidas e destruiu casas na região.

A avalanche de lama atingiu a área administrativa da Vale, responsável pelo empreendimento, inclusive um refeitório e parte da comunidade da Vila Ferteco.

Segundo o presidente da empresa, Fábio Schvartsman, vazaram 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos – na tragédia de Mariana, há 3 anos, foram 43,7 milhões.

 

Ainda de acordo com a Vale, havia 427 empregados trabalhando no local na hora do rompimento. Até a tarde deste domingo (27), a tragédia deixou ao menos 37 mortos, dos quais 8 foram identificados.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS