compartilhar

MANSÕES DOM BOSCO: Bandidos roubam R$ 200 mil, relógios e ouro de escritório do Lago Sul

Advogado de ex-ministro Henrique Eduardo Alves na Lava Jato é uma das vítimas, segundo informações da PM

Dois homens foram presos em flagrante pela Polícia Militar após serem acusados de assaltar o escritório dos advogados Marcelo Leal e Benedito Terezio, no Conjunto 6 do Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Sul.

Encapuzados e armados, eles renderam o caseiro e a mulher que cuidavam da mansão.

Os assaltantes arrombaram um cofre e fugiram com cerca de R$ 200 mil, barras de ouro, relógios importados, charutos e notas de euro. O crime ocorreu por volta das 23h30 de segunda-feira (18/2) e os suspeitos foram presos na madrugada desta terça (18).

 

A PM foi acionada e conseguiu localizar os criminosos a cerca de um quilômetro da casa.

“Eles estavam andando na altura da QI 19. Chegaram a dizer que estavam voltando de uma festa, mas depois de serem reconhecidos pelas vítimas, confessaram o crime”, explicou o sargento Cláudio Oliveira. A PM encontrou uma mala com todos os pertences foi encontrada atrás de uma parada.

Um dos presos é irmão do caseiro, segundo a corporação. “Não podemos afirmar que o funcionário teve participação no crime. Ele nos disse que quando foi rendido. O criminoso usava máscara e não imaginou que seria o próprio irmão”, completou o militar.

PMDF/Divulgação

As partes foram levadas para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), onde o flagrante foi registrado.

A arma usada no crime também foi apreendida.

Marcelo Leal atuou como advogado do ex-ministro Henrique Eduardo Alves, em 2017, quando o político foi preso na Operação Manus.

 A ação investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal (RN).

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS