Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

VILA ESTRUTURAL: Rollemberg é vaiado por alunos em escola pública em ação contra dengue

'É o direito delas. Não repudio a ação', disse coordenadora educacional. Também estava presente o ministro da Saúde, Marcelo Castro

O governador Rodrigo Rollemberg foi vaiado nesta sexta-feira (11) por alunos do Centro de Ensino Número 1 da Vila Estrutural, em Brasília, no encerramento da Semana Saúde na Escola, de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti.

 

Rollemberg estava ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Castro, que também acompanhou a ação.


Segundo a direção do colégio, cerca de 500 alunos entre 10 e 14 anos participaram da mobilização.

A coordenadora educacional do colégio, Luciana Mendes, parabenizou a "atitude" dos alunos contra o governador.

Segundo ela, criança não é "boba" e sabe de tudo o que ocorre em Brasília e no país. "As crianças são um reflexo da população. Elas sabem de tudo e devem questionar, reclamar. É o direito delas. Não repudio a ação", disse.


O estudante do 6º ano Eric Rezende, de 13 anos, disse que vaiou o governador porque, segundo ele, Rollemberg não faz "nada para a cidade." O G1 pediu posicionamento do GDF sobre o incidente, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.


Essa é a quarta vez que Rollemberg é vaiado em um evento público desde outubro do ano passado. O primeiro episódio ocorreu ao lado da presidente Dilma Rousseff, em um evento para entrega de 928 apartamentos para moradores de baixa renda no Itapoã. Ao iniciar seu discurso, várias pessoas entoavam gritos como “Caloteiro” e “Fora Rollemberg”.

Depois, ele foi hostilizado no enterro de um policial militar morto em uma capotagem durante perseguição a supostos criminosos próximo a Águas Lindas, em Goiás, no dia 5 de fevereiro.


No dia 22 de fevereiro, ele foi novamente vaiado, desta vez durante evento de acolhimento aosnovos servidores da Secretaria de Saúde, no auditório do Museu Nacional. O local estava cheio e havia várias pessoas sentadas nos corredores entre as cadeiras. Ele foi vaiado ao ter o nome anunciado.

 

Fonte: *G1 - Clipping

COMENTÁRIOS