Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

SE DERAM MAL: Golpe com cartões de créditos clonados deu prejuízo de R$ 12 milhões; É a Operação E-commerce 2...

Quadrilha foi desarticulada pela Polícia Civil nesta terça (19/3). Entre os endereços em que são cumpridos mandados, está o STJ

A Polícia Civil de Brasília deflagrou megaoperação na manhã desta terça-feira (19/3) para desarticular organização criminosa que causou prejuízo de até R$ 12 milhões ao clonar dados de brasileiros para fazer compras de grandes volumes de eletrônicos e produtos importados.

A ação foi batizada de Operação E-commerce 2.

São cumpridos 11 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão na Grande  Brasília em locais como o Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde um dos investigados trabalha, São Sebastião, Guará, Recanto das Emas, além de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Hortolândia e Anápolis, em Goiás.

Hugo Barreto/Metrópoles

A investigação é conduzida pela Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf). Os criminosos podem responder por  estelionato, receptação, lavagem de dinheiro, crime eletrônico e organização criminosa. Segundo a polícia, o grupo utilizava site de comércio virtual para consumar a prática dos crimes.

Celulares
Em setembro do ano passado, a Corf prendeu uma quadrilha que atuava de forma semelhante. Segundo as investigações, criminosos de São Paulo compravam aparelhos caros com uso de cartões clonados e enviavam para o Distrito Federal.

A comercialização era feita em uma banca na Feira dos Importados e em sites de vendas.

Em uma residência, na capital paulista, os agentes encontraram dinheiro e uma máquina de fazer cartões.

 

Documentos de identidade falsos, cartões e celulares também foram apreendidos. A operação foi batizada de Hermes, em referência ao Deus grego da riqueza adorado pelos ladrões e criminosos.

Hugo Barreto/Metrópoles

 

 

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS