Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

FIM DE SEMANA MOLHADO: INMet emite alerta para pancadas de chuva e trovoadas na Grande Brasília

'Pode chover a qualquer momento', dizem meteorologistas. Temperatura mínima deve chegar aos 17º.

Os brasilienses terão mais um fim de semana de chuva.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMet), de sexta-feira (12) até domingo (14), é de céu nublado, com pancadas e trovoadas isoladas.

O frio também marca presença no Distrito Federal. A temperatura mínima deve ficar em 17ºC e a máxima não passa dos 27ºC nos três dias. De acordo com o meteorologista Hamilton Carvalho, haverá períodos curtos de sol.

 

“O sol pode aparecer da manhã para tarde.”

Acúmulo de chuva

O INMet divulgou um alerta de acúmulo de chuva para a Grande Brasília até a manhã desta sexta-feira (12). Segundo o aviso, há riscos de pequenos deslizamentos e pode chover entre 20 até 30 mm por hora.

Por causa da chuva que atingiu a capital entre quarta-feira (10) e quinta (11), algumas regiões sofreram com o acúmulo de água. Em Sobradinho II, um deslizamento de terra em uma área particular – onde funciona um pesque-pague – na região do Morro do Sansão, interditou parte da área 

A Defesa Civil avalia se houve encharcamento do solo ou o rompimento de alguma bacia de retenção de água. Também em Sobradinho II, pelo menos dois muros caíram com a enxurrada.

No hospital da cidade, a pediatria ficou interditada durante toda a manhã desta quinta-feira. A água inundou algumas áreas e houve um curto circuito que comprometeu a parte elétrica do pronto-socorro pediátrico.

Segundo a Secretaria da Saúde, a ala do Hospital Regional de Sobradinho foi liberada durante a tarde para atendimento de casos graves.

Entre as orientações do INMet para esse período, estão:

 

  • Não enfrentar o mau tempo;
  • Observar alterações nas encostas;
  • Evitar uso aparelhos eletrônicos ligados à tomada;
  • Obter mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)

 

 

COMENTÁRIOS