compartilhar

COMIDA DI BUTECO: Culinária portuguesa e clássico de bar são inspirações deste sábado

Até maio, moradores de Brasília vão poder votar e eleger o melhor prato; todos custam R$ 20.

Já pensou em dar uma volta ao mundo sem sair de Brasília?

É isso que oferece a edição 2019 do Comida Di Buteco, que traz petiscos inspirados na culinária de várias regiões do Brasil e de outros países.

O bar Tiborna, por exemplo, aposta na cozinha portuguesa para conquistar o público.

Já o petisco do Dikantu Bar quer seduzir os brasilienses com um ingrediente já famoso nos bares da capital federal: o pescoço de peru.

Seja de onde for, a finalidade é uma só: ser eleito o melhor petisco da capital. Os pratos estão disponíveis a R$ 20, preço de todos os petiscos que participam da competição.

Tiborna

Triborna é o petisco do bar Tiborna, com inspiração na culinária portuguesa. — Foto: Divulgação/Comida Di Buteco

O Triborna é o prato que concorre pelo Tiborna Bar e Comedoria, boteco na quadra 403 Norte que serve especialidades da cozinha portuguesa. O prato é um só, mas vem em três partes, cada uma com recheio diferente.

Primeiro, a massa, de pastel, é colocada no forno por dez minutos. Depois, vêm os recheios: o primeiro é de escabeche de sardinha, o segundo de pernil desfiado e molho de jabuticada, e o terceiro de calabresa e queijo.

 

Dikantu

O Vem que eu te conto, do bar Dikantu, tem como base o ragu, iguaria típica da cozinha italiana. — Foto: Divulgação/Comida Di Buteco

Já o Dikantu Bar, na quadra 204 Norte, traz um petisco com nome convidativo: Vem que eu te conto. A base do prato é ragu, molho típico da cozinha italiana.

A casa, porém, substitui a carne de porco por pescoço de peru. Para acompanhar, pão de alho caseiro assado no forno.

 

Como participar da escolha

 

A quinta edição do Comida di Buteco em Brasília começou na sexta-feira (12) e vai até o dia 5 de maio. Ao todo, 22 locais participam da competição. O DF1 e o G1 vão mostrar todos eles e, claro, os pratos que estão na disputa.

No país, é a 20ª edição do concurso e os 20 anos do concurso nacional também são referência no prato. O petisco deve ter preço máximo de R$ 20.

A votação para escolher a melhor Comida di Buteco de Brasília é definida por um júri selecionado pela organização e também pelo público. O peso do júri e do público na apuração é o mesmo, 50% cada.

Todos darão nota de 1 a 10 em quatro quesitos:

 

  1. Petisco
  2. Higiene
  3. Atendimento
  4. Temperatura da bebida

 

Os votos físicos são recolhidos e apurados por uma empresa de pesquisa independente e especializada. O vencedor de Brasília participa da eleição para Melhor Buteco do Brasil.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS