compartilhar

CONTINUA DEM-DF: Ex-deputado, Alberto Fraga descarta deixar comando do partido e diz não existir a possibilidade

Candidato derrotado ao Governo do Distrito Federal (GDF), Alberto Fraga afirmou, neste final de semana, que não cogita a possibilidade de ceder a Presidência do DEM-DF ao correligionário e deputado federal Luís Miranda (abaixo).

Resultado de imagem para deputado luis mirandaÉ que, em tese, os partidos costumam garantir o comando a políticos com mandato. 

O padrão, contudo, não deve ser seguido pelo ex-congressista, embora o colega nutra esperança pelo cargo.

Fraga foi reeleito, no fim do mês de abril, para liderar a regional da legenda. 

O ex-deputado disse não existir “nenhum tipo de conversa” para que Miranda o suceda. “Não tem e nunca teve nada disso. Isso tudo é uma baita farofa”, desconversou.

Sem mandato, Alberto Fraga tentou ocupar uma cadeira na Esplanada dos Ministérios por indicação do presidente Jair Bolsonaro (PSL). 

 

Resultado de imagem para arruda e fragaA investida, no entanto, foi em vão: o democrata foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ-DF) por cobrança de propina de uma cooperativa de transportes do Gama.

O caso ocorreu na época em que era secretário de Transportes, em 2008, durante o governo de José Roberto Arruda (PR).

“Ainda estou resolvendo a minha própria vida”, disse à coluna, em referência ao processo judicial.

 

Fonte: *Via JanelaIndiscreta/Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS