compartilhar

É A INFAME "PECÚNIA": Em Brasília, servidores ganham bolada de até R$545 mil em um mês

Coronel se aposenta na PM e embolsa mais de meio milhão de reais por nossa conta

O governador distrital, Ibaneis Rocha, que doa todos os meses o próprio salário, talvez não saiba, mas três aposentados embolsaram em março R$531 mil (um defensor público), R$543 mil (tenente coronel da Polícia Militar) e R$545 mil (coronel da PM).

 

A bolada saiu a título da infame pecúnia, na “venda” de licenças-prêmio de servidor público que se aposenta. Só DF e Acre obrigam o pagador de impostos a sustentar a pecúnia.

Outros 117 servidores embolsaram mais de R$100 mil/mês.

'A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

No Distrito Federal e Acre servidor ganha férias de 3 meses a cada 5 anos, e opta por receber isso em dinheiro, ao se aposentar.

Já no setor privado…

O governador ganha R$24 mil, que é o teto do funcionalismo público no GDF, mas mais de 1.000 servidores furam o teto e ganham mais.

Para cada 1 real que entra nos cofres do GDF, 82 centavos vão para o bolso dos servidores.

Em março, a folha totalizou R$1,7 bilhão.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS