compartilhar

CHANCES ABERTAS: 7 concursos locais e federais previstos para o segundo semestre de 2019

Mesmo com a declaração do presidente Jair Bolsonaro de que não serão realizados concursos nos próximos anos, algumas seleções federal e local estão previstas para os próximos meses. Confira!

Diplomata

O regulamento do concurso para diplomata foi publicado na semana passada pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Diário Oficial da União. Serão oferecidas 20 oportunidades na classe de terceiro-secretário, cargo que recebe atualmente R$ 19 mil.

IBGE I

A seleção com 400 vagas para analistas censitários foi autorizada e já tem banca organizadora definida, o Instituto AOCP. As chances serão temporárias. O edital deverá sair em breve para atuarem nas etapas de planejamento, acompanhamento e suporte especializado, relativas ao Censo Demográfico 2020.  O prazo-limite de publicação do edital é outubro e o prazo de duração dos contratos será de até um ano, com possibilidade de prorrogação.

IBGE II

A seleção que deverá contratar 234.416 profissionais temporários, para atuar no Censo Demográfico 2020, também foi autorizada. De acordo com portaria, o edital deve ser publicado até novembro. Do total de vagas, 196 mil serão para recenseador que coleta as informações junto à população. Outro cargo com grande número de vagas é o de agente censitário supervisor (23.578). Serão contratados também supervisores, coordenadores censitários e agentes censitários operacionais.

TCDF - Tribunal de Contas

O concurso deve oferecer um cargo para procurador do MP junto ao TCDF, um cargo para auditor/conselheiro-substituto e 10 cargos de nível superior em áreas ainda não especificadas. A Corte já autorizou a contratação do Cebraspe como banca organizadora.

PCDF - Polícia Civil de Brasília

A abertura do concurso foi anunciada em fevereiro pelo governador Ibaneis Rocha. Deverão ser contratados 1,5 mil agentes e 300 escrivães. A corporação confirmou que o processo para contrato da banca organizadora já está em fase de escolha.

Sefaz/GDF - Secretaria de Fazenda

O concurso foi autorizado em 2017, mas as expectativas para a publicação do edital aumentaram, já que, em maio, uma portaria delegando ao titular da Secretaria Adjunta de Planejamento a competência para praticar todos os atos administrativos do concurso foi publicada no DODF. Serão 120 vagas, sendo 40 imediatas e 80 para formação de cadastro reserva. Candidatos com nível superior em qualquer área de formação poderão concorrer. A remuneração inicial da carreira é de R$ 14.970.

Seplag/GDF - 

A seleção foi autorizada no ano passado, com 750 vagas para gestor e analista. Do total de oportunidades, 100 serão imediatas para o cargo de gestor e 150 para o cargo de analista. As outras 500 chances são para formação de cadastro de reserva. Para gestor, o salário inicial para 40 horas de trabalho é de R$ 6.760 e para analista é de R$ 4.480. Ambos exigem nível superior de formação.

 

COMENTÁRIOS