Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

FIM DE SEMANA NERVOSO: Grupo pró-impeachment troca socos com homens de comboio de Lula

Incidente aconteceu na entrada de hotel de luxo Blue Tree, perto do Alvorada.Polícia Civil investiga caso como lesão corporal; jovem se feriu.

Manifestantes pró-impeachment trocaram agressões na manhã deste sábado (15) com homens que participavam do comboio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília, na entrada do hotel de luxo onde ele está hospedado.

Imagens feitas pelo cinegrafista da TV Globo Raimundo Batista mostram a confusão. Um jovem de 23 anos ficou ferido.


O vídeo mostra o momento em que cinco carros chegam ao local. Do último veículo, de cor branca, saem três homens, que partem em direção aos manifestantes. Dois deles trocam socos com manifestantes e depois voltam ao veículo, que entra no hotel. O terceiro fica a pé.


A Polícia Civil informou que investiga o caso como lesão corporal. Em depoimento, o rapaz disse que estava perto da guarita e, ao tentar se defender, caiu sobre motos e acabou lesionando as costelas e a canela esquerda.


O grupo havia inflado uma mortadela gigante, em provocação ao lanche de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) que estavam no local para apoiar Lula. A Polícia Militar conteve os manifestantes e convenceu o grupo pró-impeachment, que estava em menor número, a deixar o local e esvaziar o inflável.


Na saída do carro que levava a mortadela vazia, manifestantes contrários ao impeachment arremessaram garrafas de água no veículo e desferiram socos e pontapés na lataria do automóvel. Um homem estava apoiado na janela com um cassetete e o apontou na direção do grupo, chegando a atingir algumas pessoas. A polícia interviu novamente, e o carro conseguiu deixar o local.


Lula havia participado de um evento no estacionamento do ginásio Nilson Nelson com integrantes de movimentos sociais contrários ao processo de impeachment, que se autodeclaram "Movimentos Populares pela Democracia e Contra o Golpe". Os grupos estão acampados no local para acompanhar a votação do processo de impeachment no plenário da Câmara dos Deputados, prevista para a tarde deste domingo (17).

 

Fonte: *G1 - Clipping

COMENTÁRIOS