Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

Depois do carro e da ex-empregada, secretária de Segurança envolvida em nova polêmica por uso de helicoptero em voo panorâmico com os filhos

Não bastassem os recentes episódios envolvendo a secretária de Segurança Pública e Paz Social, Marcia Alencar, que usa um policial militar pra levar os filhos na escola e nomeou a antiga empregada doméstica como comissionada da Secretaria de Segurança, mais uma suspeita atinge a polêmica pessebista.


Uma investigação deve ser aberta, nos próximos dias, para confirmar se a secretaria usou do helicóptero do Detran, para propiciar aos filhos um passeio panorâmico no dia da votação do impeachment da presidente Dilma, no domingo, dia 17 de março.


As autoridades ainda não perceberam que o país mudou e que estas práticas não são mais aceitas. Contudo, assim como a lei da gravidade, tudo que sobe…a investigação vai dizer.


 

PS: O deputado Chico Vigilante (PT) acaba de informar que está solicitando informações ao Detran sobre o uso do helicóptero do órgão no dia 17 de março, data em que foi votado o impeachment da presidente Dilma.


O distrital quer saber quem pilotava a aeronave, o nome dos passageiros, as horas de voo e a missão.
Deve ainda pedir esclarecimentos se haviam autoridades e/ou civis a bordo. (*Por Celson Bianchi)

NOMEADA EM JANEIRO ESSA É A TERCEIRA VEZ QUE MÁRCIA SE ENVOLVE EM POLÊMICAS

O deputado Chico Vigilante solicitou, nesta quinta-feira (5), ao DETRAN informações sobre o uso do helicóptero oficial no dia 17 de abril, dia da votação do impeachment da presidente  Dilma Rousseff.

 

A suspeita é que a de Segurança Pública e Paz Social Márcia de Alencar teria utilizado a aeronave para realizar um voo panorâmico com os filhos. Vigilante enfatizou, “solicitei o nome dos passageiros, o horário do voo e a missão que ocorreu nesse domingo”.


O distrital afirmou que se a suspeita for confirmada, vai exigir que o governador Rodrigo Rollemberg demita imediatamente a secretária, “se houve uso de recurso público para benefícios privados, isso é abuso de poder. Que comandante da Polícia Militar, Civil ou Bombeiros vai respeitar uma secretária assim?”. 


Nomeada em janeiro essa é a terceira vez que Márcia se envolve em polêmicas. Nessa sexta-feira (6) a secretária deverá se explicar na Câmara dos Deputados por utilizar viaturas descaracterizadas da Polícia Militar no transporte de seus filhos e pela nomeação de sua empregada doméstica como servidora da Secretaria de Segurança.

A  assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança apura o caso para se manifestar.

 

Fonte: *Blog do Callado/Diário do Poder - Clipping

COMENTÁRIOS