compartilhar

TÁ FEIA A COISA: Lojista de Brasília grita por socorro e pede segurança nas quadras comerciais do Plano Piloto

O presidente da Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF), Cleber Pires, esteve na Câmara Legislativa para pedir o apoio dos deputados distritais à reivindicação dos comerciantes de mais segurança para as quadras comerciais do Plano Piloto.


O representante dos empresários locais foi recebido pela presidente da Casa, Celina Leão (PPS), que manifestou apoio à causa.

 

“A Câmara se compromete a realizar uma ampla audiência pública para esclarecermos quais são os problemas da segurança. Precisamos saber, por exemplo, se há desfalques no efetivo policial ou se há deficiência na gestão”, explicou.

 

 

Cleber Pires informou que a ACDF acaba de propor uma ação civil pública contra o GDF por entender que está havendo omissão no fornecimento de segurança aos comerciantes que atuam em Brasília.


“Centenas de empresas estão fechando as portas pela falta de segurança. O que nós queremos é a volta das rondas policiais a pé, a presença de mais viaturas nas quadras, enfim, a atuação efetiva do Estado. Entre outras coisas, a ação civil pede mais transparência na prestação de contas da segurança pública, principalmente no que se refere aos repasses do fundo constitucional. Outra informação que solicitamos é referente ao número de policiais que estão atuando nas ruas e nos gabinetes”, afirmou.


A deputada Celina Leão garantiu que a demanda da ACDF será encaminhada para a Comissão de Segurança da Câmara Legislativa, que tomará as providências necessárias para ouvir integrantes do governo sobre as questões levantadas.(*Por:Eder Wen)

 

COMENTÁRIOS