Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

FESTA DO DIVINO: 8 mil pessoas participam do Encontro das Bandeiras em Planaltina

Para os foliões da Festa do Divino Espírito Santo, os trabalhos começaram cedo. A partir das 7 horas deste sábado (14) já se fazia missa nas sete paróquias e seis capelas de Planaltina que participam da organização do evento.

 

Às 10 horas, as pessoas começaram se reunir em frente à Igreja Matriz São Sebastião, na área central da região, com a expectativa de assistir ao Encontro das Bandeiras.

Houve atraso, a previsão era que a cerimônia ocorresse ao meio-dia, mas começou por volta das 13 horas.

A Polícia Militar informou que cerca de 8 mil pessoas se reuniram no local.


Em um palco em frente à igreja, houve oração, músicas e apresentação religiosa na qual, entre dois anjos, surgiu uma representação da figura de Nossa Senhora Aparecida em meio a fumaças azul e branca.

A encenação católica comoveu os participantes, entre eles a aposentada Nelita Sousa Matos, de 60 anos. Ela é moradora da Fercal, mas todos os anos vai à cidade-satélite para a Festa do Divino. Ela repetiu a tradição nos últimos 56 anos. "Saio com uma sensação de paz, de tranquilidade."


O encontro das bandeiras reúne as paróquias e as capelas da localidade e a Folia da Roça, que contou com a participação de 300 cavaleiros. No fim, um casal representando cada grupo subiu ao palco para rezar o Pai-Nosso e outras preces.

Os fiéis participaram do almoço comunitário em que foram servidos gratuitamente carne, arroz, feijão e salada para a população. Os alimentos haviam sido arrecadados por meio de doações.


Durante toda a semana e até amanhã, quando se encerra a celebração, estão destacados 300 policiais militares, que trabalham em turnos. Hoje, durante a movimentação na área urbana da cidade-satélite, 48 servidores fizeram a segurança dos foliões. A Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) distribuiu água potável durante a festa. Havia ainda a presença da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros.

 

Festa da fé

Em procissão com a Folia da Roça desde a noite de sexta-feira (13) até o Encontro das Bandeiras hoje, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou pela 14º vez da Festa do Divino.

 

Mesmo acostumado com a folia, chefe do Executivo local disse sempre se surpreender com a fé e a generosidade que envolve o evento.

"Essa é uma festa feita com muitas mãos e com milhares de corações e é isso que a torna tão emocionante. É uma celebração de fé e espero que o Espírito Santo ilumine o Brasil, que possa nos proteger e nos iluminar."

 

As principais ruas e avenidas de Planaltina ficaram fechadas para o tráfego de veículos desde as 8 horas deste sábado (14) em virtude da Festa do Divino Espírito Santo. Permaneceram bloqueadas as avenidas Marechal Deodoro, Goiás, São Paulo, 13 de Maio, Benjamin Constant, Hugo Lobo e 15 de novembro. Foram reabertas às 2 horas de domingo (15).

 

História

Considerada patrimônio cultural imaterial do Distrito Federal, pelo Decreto nº 34.370, de 17 de maio de 2013, a Festa do Divino Espírito Santo é realizada há 156 anos.

 

Ela recorda a descida do Espírito Santo sobre os 12 apóstolos de Jesus Cristo, em Pentecostes, sete semanas depois da Páscoa. Segundo a Administração Regional de Planaltina, é a segunda maior celebração local da Igreja Católica — atrás apenas da Via-Sacra do Morro da Capelinha. Em 2015, recebeu 12 mil fiéis.


Participam sete paróquias (Divino Espírito Santo, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora de Nazaré, Santa Luzia, Santa Rita de Cássia, São Sebastião e São Vicente de Paula) e cinco capelas de Planaltina (Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora da Conceição, Santa Teresinha, Santo Agostinho e São Leonardo Murialdo).

 

COMENTÁRIOS