Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

MOVIMENTO GREVISTA: Funcionários da Caesb cruzam os braços na manhã desta segunda-feira

Eles reivindicam reajuste salarial de 19% e alteração da jornada de trabalho de oito para seis horas

Funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB) cruzaram os braços na manhã desta segunda-feira (16/5).
A assembleia que resultou na decisão aconteceu na sede do sindicato da categoria, o Sindágua, no Setor de Diversões Sul.

Eles reivindicam reajuste salarial de 19% e alteração da jornada de trabalho de oito para seis horas. Em uma nota divulgada no site da instituição, a diretoria do Sindágua informou que “a greve aprovada tem por motivação o descaso da Empresa com toda a categoria”. 

Também por meio de nota, a assessoria de imprensa da Caesb lamentou a decisão.

Segundo o órgão, “o movimento grevista está impedindo, de forma radical, a entrada de quem deseja ingressar nas dependências da Empresa, inclusive unidades operacionais.

 

Essa postura é ilegal e afronta sentença proferida em ação de interdito proibitório que impede o sindicato de causar tumultos nas dependências da Caesb”.



A companhia informou, ainda, que concedeu reajuste entre 16% e 17% em outubro do ano passado, “que incidiu sobre os salários e benefícios dos empregados” e propôs um novo reajuste de 2,5%.

 

“Cabe esclarecer que os salários atualmente praticados na Caesb estão compatíveis com os de mercado e que sem qualquer reajuste nesta data-base, a folha de pagamento da Caesb cresce aproximadamente 5,1% anualmente, em virtude principalmente do Plano de Cargos e Salários em vigor desde 2013”.

 

Fonte: *CB - Clipping

COMENTÁRIOS