Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

MAIS UM AUMENTO: Água e esgoto ficam 7,98 por cento mais caros a partir desta 4a. feira

Tarifas já tinham sido elevadas em 2,67% pela Caesb, em 1º de janeiro. Adasa autorizou mais um aumento para 'reparar perdas inflacionárias'.

Começa a valer nesta quarta-feira (1º) o reajuste de 7,98% nas tarifas de água e esgoto do Distrito Federal.

A mudança representa a segunda alta no valor dos serviços desde o início do ano – em janeiro, os serviços ficaram 2,.67% mais caros.


Segundo a Adasa, responsável por regular os preços praticados pela Caesb, o aumento mais recente corresponde à "revisão tarifária periódica", que acontece a cada quatro anos para evitar perdas inflacionárias.


De acordo com a agência, o índice foi definido levando em conta os custos da concessionária, os investimentos ocorridos desde a última revisão e o preço cobrado por concorrentes.

As revisões periódicas ocorrem de maneira independente aos reajustes anuais aplicados pela Caesb, que costumam acontecer em março mas foram antecipados em 2016.


Os tipos de tarifa são divididos de acordo com a atividade e podem ser enquadrados em quatro categorias: residencial (que inclui residências, igrejas e entidades de utilidade pública); comercial; industrial; e pública, que engloba órgãos da administração pública do GDF e da União.


Há também uma cobrança diferenciada para famílias de baixa renda, que sofre uma redução proporcional na cobrança de acordo com a faixa de consumo.

Em março do ano passado, a Adasa já havia autorizado um aumento de 16,20%, não acatando o pedido inicial da companhia de 23,97% de reajuste.

 

COMENTÁRIOS