compartilhar

PASSEATA: Lotéricos fazem marcha na Esplanada até sede da Caixa Econômica

Empresários pedem reajuste na remuneração de serviços bancários. Caixa recebeu grupo no fim da tarde; PM não informou número de pessoas.

Donos de lotéricas de diversas regiões do país fizeram uma marcha na Esplanada dos Ministérios na tarde desta quarta-feira (29) em defesa de reajuste nos valores pagos pela Caixa Econômica pelos serviços prestados pelos empresários.

 

Os organizadores estimam que 2 mil pessoas participaram do ato.

 

A PM informou que 500 manifestantes participaram da caminhada.

 

Os donos de lotéricas se reuniram nesta tarde de quarta para uma audiência publica na Câmara dos Deputados.

 

Após a reunião, eles seguiram em caminhada pelo Eixo Monumental em direção à sede da Caixa Econômica Federal, localizado no Setor de Autarquias Sul.


Por volta de 16h30 o grupo chegou ao banco. Os manifestantes pediam que o presidente da entidade, Gilberto Occhi, encontrasse os lotéricos para discutir as reivindicações. Os líderes da manifestação foram recebidos por representantes da Caixa por volta de 16h50.


Segundo a presidente da Associação dos Lotéricos de São Paulo, Adriana Domingues, a categoria pede reajuste anual nos valores pagos por serviços como depósito, saque e pagamentos.

 

"O reajuste da Caixa conosco acontece de dois em dois anos. Nós gostaríamos que ela revisasse os reajustes anualmente e que fossem de acordo com algum índice da inflação, e não abaixo. Nosso déficit hoje é de 40% por conta dos baixos valores pagos", diz.


O empresário Gilmar Resende veio de Contagem, em Minas Gerais, para acompanhar o prostesto na capital federal. Ele conta que teve que teve que demitir cinco funcionários conta dos prejuízos relacionados a falta de reajuste nos serviços bancários.


"A situação dos lotéricos é crítica. Nós não temos reajuste há mais de 20 meses. Nós empregamos mais de 60 mil funcionários em todo o Brasil e tivemos que demitir muita gente. A Caixa tem recebido vários reajustes desde janeiro e não tem nos repassado", afirma.

Donos de lotéricas durante caminhada nesta quarta-feira (29) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (Foto: Pedro Borges/G1 DF)
Donos de lotéricas durante caminhada nesta quarta-feira (29) na Esplanada dos Ministérios

 

Fonte: *G1 - Clipping

COMENTÁRIOS