compartilhar

HOJE TEM "NENHUM DE NÓS": Banda faz show na "ExpôTchê" no Parque da Cidade. VEJA PROGRAMAÇÃO

Rapaziada lança álbum 'Sempre é hoje' e se apresenta às 21h. 'Camila, Camila', 'Astronauta de mármore' e 'Diga a ela' estão no repertório.

Prestes a completar 30 anos de carreira, a banda Nenhum de Nós se apresenta nesta quinta-feira (7) no palco principal da Expotchê, no Parque da Cidade.

 

O grupo toca sucessos ao longo da carreira e canções do 16º álbum, “Sempre é hoje”, lançado no ano passado.

No palco regional da festa, a atração é o Grupo de Dança Querência de Formosa.Criado em outubro de 1986, o Nenhum de Nós é considerado um dos mais bem-sucedidos grupos de rock do Rio Grande do Sul.

A carreira inclui 13 álbuns de estúdio, quatro discos ao vivo e três DVDs. A banda ficou conhecida já no primeiro disco, com o sucesso de "Camila, Camila", em 1987.


A formação original trazia os amigos Carlos Stein (guitarra), Sady Homrich (bateria) e Thedy Corrêa (baixo e voz). O guitarrista Veco Marques entrou para a banda em 1990, antes da gravação do terceiro disco, "Extraño".

O tecladista e acordeonista (gaiteiro para os gaúchos) João Vicenti passou a participar dos shows em 1991, durante o Rock in Rio II. Ele foi efetivado como membro oficial em 1994, no disco "Acústico ao vivo", o primeiro da fase independente.

O maior sucesso radiofônico da banda é a música "O astronauta de mármore", versão da música "Starman", de David Bowie. Presente no segundo álbum do grupo, "Cardume", a canção foi a mais tocada do ano de 1989, alavancando a venda do disco para a marca de 250 mil cópias – o que rendeu o primeiro disco de ouro para eles.

Banda Nenhum de Nós se apresenta nesta (Foto: Divulgação/Vila Dionísio)

Outros sucessos do Nenhum de Nós são as músicas "Sobre o tempo", "Extraño", "Eu caminhava", "Das coisas que entendo", "Amanhã ou depois", "Ao meu redor" e "Diga a ela". A banda também fez sucesso com regravações como "Tente outra vez", de Raul Seixas, e "Sangue Latino, de Secos & Molhados. Em shows recentes, eles têm tocado "Música ligera", da banda argentina Soda Stereo.

 

A Expôtchê teve início na última sexta-feira, com o show do Chimarruts. Tchê Guri foi a atração do sábado.

O espaço tem dois palcos, um com as principais atrações e outro com artistas de dança e música típicas do Rio Grande do Sul (veja programação abaixo).


O evento acontece desde 1992 e reúne cerca de 150 mil pessoas por ano. O espaço funciona até sexta, das 16h às 23h, e no sábado e domingo, das 11h às 23h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Na primeira hora, a entrada é gratuita.

Banda Nenhum de Nós  (Foto: Moises Bettim/Divulgação)

 

Ao todo, são 300 expositores em um espaço de 27 mil metros quadrados.

Nos estandes, roupas, calçados, couro, malhas, lãs, queijos, salames, vinhos, sucos, chocolates, artesanato, churrasco e chimarrão, muitos deles feitos por pequenos produtores e integrantes de programas de agricultura familiar.

A feira é considerada a maior do tipo fora do Rio Grande do Sul. Nesta edição, a organização oferece espaços para crianças (Tchê kids), praça do vinho, área para cervejarias, praça do pão, praça do chimarrão e praça do café.

Chimarrão erva cuia reportagem do Vida e Saúde (Foto: Reprodução/RBS TV)Chimarrão

Segundo os organizadores, a Expotchê gera cerca de 3 mil empregos diretos. São 40 empresas da Grande Brasília prestando serviço durante o evento. No estande de agricultura familiar gaúcha há representantes de 23 municípios, com produtos feitos de forma artesanal.

 

Há comidas, como salame, copa, defumados, morcilha, linguiça, linguiça, salame especial e copa defumada, bebidas, como vinho, cachaça, grappa, licores e caipirinha, doces, açúcar mascavo, rapadura, melado, amendoim e caldo de cana, sucos, queijos, erva-mate, cucas, pães, biscoitos, bolachas, grostoli caseiro, broa de polvilho, salgadinho pastelina, frutas e mudas de physalis e mirtilo e artesatos típicos.

Maskavo (Foto: Luciano Hauschild/Divulgação)Banda Maskavo


Outro destaque dos últimos dias da festa é a banda Maskavo, de Brasília, que conta com três músicos com raízes gaúchas na formação. A festa tem também filho e neto de Teixeirinha, um dos maiores nomes da música do Rio Grande do Sul, apresentando o CD “Rei do disco” – apelido do artista.


Completam o time de atrações os compositores Hélio Ribas e Beto Gonzales, a dupla Paulo Toscano e Rafael e o grupo Cancioneiros do Planalto, todos dedicados à música regional gaúcha.


Querência de Cristalina, Querência de Formosa, Estância Gaúcha, Nova Querência de Buritis, Grupo Celta Sol da Meia Noite e Fandangueiros Distrital são os grupos de música e dança tradicional ao longo da programação.

Programação musical

Quinta-feira (7)

19h – Grupo de Dança Querência de Formosa - palco regional
21h – Nenhum de Nós - palco principal

Sexta-feira (8)

20h – Grupo Celta Sol da Meia Noite - palco regional
21h – Banda Maskavo - palco principal

Sábado (9)

14h – Grupo de Dança da Estância Gaúcha (mirim) - palco regional
16h – Grupo de Dança da Estância Gaúcha (juvenil) - palco regional
18h – Grupo de Dança da Estância Gaúcha – Adulto e Veterano - palco regional
20h – Beto Gonzales - palco regional
21h – Teixeirinha Filho e Neto - palco principal

Domingo (10)

15h – Grupo de Dança do CTG Nova Querência de Buritis – MG (juvenil) - palco principal
16h – Grupo de Dança do CTG Nova Querência de Buritis - MG (adulto) - palco principal
19h – Cancioneiros do Planalto - palco principal

 

Fonte: *Via G1 - Clipping

COMENTÁRIOS