Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

H1N1: Distrito Federal registra 163 casos confirmados e 13 mortes pela gripe

Foram 163 notificações confirmadas entre janeiro e o dia 24 de junho. 8 mulheres e 5 homens morreram por contaminação do Influenza.

A Grande Brasília registrou 163 casos confirmados de contaminação pelo vírus H1N1 em 2016, aponta balanço da Secretaria de Saúde. Os dados foram reunidos até o último dia 24.


Segundo o estudo, 13 pessoas morreram em decorrência do vírus Influenza, sendo oito mulheres e cinco homens.

De acordo com o boletim, 114 casos se apresentaram de forma mais grave, com 20 ocorrendo em menores de 5 anos de idade. Entre pessoas com mais de 60 anos, 22 casos foram diagnosticados.


Dezesseis grávidas contraíram o vírus H1N1, sendo que nove foram casos graves e sete com menor gravidade. As localidades com maior número de casos foram Asa Norte (21), Ceilândia (16), Santa Maria e Gama (14, cada).

A Secretaria de Saúde informou que houve uma queda no número de casos de gripe H1N1 em junho desse ano. Foram 12 notificações, contra cerca de 150 nos meses anteriores.

Com a diminuição no número de casos no mês passado, O GDF alterou a produção do boletim que trazia informações sobre a doença, que agora será disponibilizado a cada 15 dias.



A melhor forma de prevenir o H1N1 é o cuidado com a higiene. É importante lavar com frequência as mãos, principalmente antes de consumir algum alimento; utilizar lenço  descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; manter os ambientes bem ventilados e evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.

Vacinação
A campanha de vacinação contra a gripe teve início no dia 18 de abril para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias pós-parto e profissionais de  saúde. No dia 27, idosos, pacientes com duas doenças crônicas e outras condições clínicas especiais receberam a imunização. A partir do dia 30, índios, e funcionários do sistema prisional tomaram a vacina.


O Distrito Federal ultrapassou o número de pessoas que deveria vacinar, de acordo com os critérios impostos pelo Ministério da Saúde que estabelece que 80% do público-avo deve ser vacinado. Foram imunizadas 631.278 pessoas, que corresponde a 103,6% da população prevista para receber a vacinação (609.105).

 

O que fazer para evitar a Gripe A

 

COMENTÁRIOS