Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

ADUTORA DO LAGO SUL: Rompimento em adutora deixa 40 mil sem água no Jardim Botânico

Problema no fornecimento será resolvido até as 10h de quinta, diz Caesb. Foram registrados dez problemas na rede de abastecimento em dez meses.

Estação de tratamento de água do Lago Sul, que abastece o Jardim Botânico e Mangueiral


O rompimento de uma adutora na manhã desta quarta-feira (13) em uma estação de tratamento do Lago Sul, bairro nobre de Brasília, deixou 40 mil pessoas sem água no Jardim Botânico e no Mangueiral.

 

O fornecimento de água foi suspenso por volta de 14h desta quarta (13). A previsão da Caesb é que os reparos na rede terminem às 19h e que o abastecimento seja liberado às 10h desta quinta (14).


A empresa não informou o problema que causou o rompimento da adutora e pede que os moradores, na medida do possível, façam uso racional da água para facilitar a recuperação plena e equilibrada do sistema.



Desde setembro, pelo menos dez casos semelhantes foram registrados em várias localidades da Grande Brasília. Em janeiro, 40 mil pessoas ficaram sem água no Jardim Botânico. Em março,mais um problema na região afetou 30 mil moradores de 14 condomínios. Na época havia sido o sexto rompimento registrado no local.


Em abril, o rompimento de uma adutora deixou 120 mil pessoas sem água nas quadras ímpares do Paranoá, nos condomínios RK e Centauros de Sobradinho II, nas quadras 700 e 900 da Asa Norte, no Itapoã, no Lago Norte e no Lago Sul.

Estação de tratamento de água do Lago Sul, que abastece o Jardim Botânico e Mangueiral, no DF (Foto: Caesb/Divulgação)

 

 

Comerciantes tiveram problemas e prejuízos com a suspensão do serviço.

 

O gerente operacional da Caesb disse na época à TV Globo que o DF passava por um momento de saturação no sistema. "O sistema de abastecimento de águas do Distrito Federal já está passando por um momento de saturação. Hoje nós estamos quase na produção máxima do sistema", afirmou.


Em junho, moradores do Gama ficaram sem água durante um dia, por conta de uma obra próxima a tubulação da Caesb na região. Foram afetadas as quadras do Setor Leste, Norte, Indústrias, Oeste e Sul.

 

No mês passado, 200 mil moradores da Península do Lago Norte e dos condomínios RK, Centauros e Minichácaras, em Sobradinho, ficaram sem água por um dia por conta do estouro de um cano na região.

 

Fonte: *Via G1 - Clipping

COMENTÁRIOS