compartilhar

DIA DOS PAIS VEM AÍ: Consumidor brasiliense deve gastar, em média, R$ 200 prevê Fecomércio

Os consumidores da Grande Brasilia estão cautelosos com o Dia dos Pais deste ano.

 

De acordo com estudo elaborado pelo Instituto Fecomércio-DF, 47,3% dos brasilienses não têm a intenção de presentear o pai, 43,3% pretendem comprar e 9,5% ainda não se decidiram.

 

Em relação ao preço médio, os entrevistados pretendem gastar aproximadamente R$ 208,15 com presentes e mais R$ 160,75 com as comemorações dos pais.


A maioria dos entrevistados pretende pagar com dinheiro (51,2%), seguido por cartão de crédito (28,4%) e cartão de débito (19,1%).

Os consumidores ressaltaram ainda que o atendimento e o preço dos produtos são os maiores atraentes na hora do fechamento da compra.

 

O levantamento ouviu 402 pessoas entre os dias 20 e 22 de junho de 2016.


Presentes – Os produtos mais citados na pesquisa feita, por aqueles que pretendem presentear no Dia dos Pais são: vestuário/acessórios (36,9%); cosméticos/perfume (25%); calçados (21%), chocolates (11,9%); material esportivo (11,4%) e livros/artigos de papelaria (9,7%). Apenas 40,3% dos entrevistados confirmaram intenção de comemorar o Dia dos Pais.

 

COMENTÁRIOS