Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

FORÇA AÉREA: Exposição no Lago Norte mostra, em tamanho real, caças adquiridos pela FAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) trouxe para Brasília uma maquete, em tamanho real, da sua nova aquisição: 36 caças Gripen.

 

As aeronaves estão previstas para chegar ao Brasil apenas em 2019.

No entanto,  a expectativa já é grande, pois os caças devem ajudar a FAB em suas operações.


Com aproximadamente 14 metros de comprimento e 8 metros de envergadura, o caça é compacto, o que torna a operação mais econômica, além de continuar cumprindo a missão de naves maiores.


A compra das novas aeronaves é parte de um projeto conjunto entre o Brasil e a Suécia. Inicialmente os aviões estão sendo produzidos pela empresa sueca SAAB, mas já existem brasileiros trabalhando no desenvolvimento. Os últimos caças serão montados e entregues no Brasil, na unidade Embraer de Gavião Peixoto.

 

 


O projeto é um pacote que inclui, também, os treinamentos dos pilotos e dos mecânicos. O preço do contrato não foi revelado, mas segundo o coronel aviador Júlio César Cardoso Tavares, gerente do projeto FX2 da força aérea, o valor é razoável quando comparado a outras aeronaves em operação no mundo.


Dois brasileiros já foram treinados na Suécia para conduzir o caça. Esses pilotos serão instrutores dos demais até formar o número necessário de comandantes. A previsão é que já tenham alguns pilotos para a operação inicial dessa aeronave.


“O Gripen é um dos caças mais modernos existentes em operação no mundo. Além de motor e radar superiores, seu sistema é extremamente novo e ele proporciona o uso de equipamentos e armamentos modernos. Sua capacidade é superior às aeronaves utilizadas atualmente pela FAB”, afirma o coronel Tavares.

Os atuais caças da Força Aérea Brasileira são os chamados F5. Seus sistemas foram modernizados em 2013, mas a aeronave ainda tem concepção antiga. O modelo continuará sendo usado até que a Gripen entre em operação.


A previsão, segundo o Coronel Tavares, é de que as aeronaves durem cerca de 30 anos. Porém, se surgir uma oportunidade de modernizá-las, o uso pode se estender ainda mais.


Os caças ainda estão em fase de desenvolvimento, mas estão dentro do previsto. Espera-se que os primeiros aviões comecem a ser entreguem para a Base Aérea de Anápolis, em 2021.


A Exposição

A exposição mostra como será o futuro caça da Força Aérea Brasileira. Além de poder entrar na cabine da maquete em tamanho real, o visitante pode conversar com oficiais da FAB para conhecer carreiras e curiosidade, como o dia a dia de quem trabalha no local.


A exposição do Gripen ocorre no shopping Iguatemi, do dia 25 a 31 de julho, e é totalmente gratuita. Para entrar na cabine, os interessados deverão escolher um horário e se inscrever no site.

 

Fonte: *Via JBr - Clipping

COMENTÁRIOS