Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

FIM DE SEMANA "RECHEADO": Tem desde Annita a Toquinho, teatro, exposições e cinema

Guimê, Sapão, Anitta, Nego do Borel, Buchecha e Mr. Catra são atrações. Fim de semana tem mais shows, cinema, teatro, arraiás e exposições; veja.

A Grande Brasília tem uma verdadeira "invasão do funk" neste final de semana.

 

Anitta canta duas vezes, Nego do Borel, MC Guimê, MC Sapão, Buchecha e Mr. Catra também participam de festas na capital federal.

 

Ainda na música, Blues Etílicos tocam no Brasília Capital Moto Week, Imaginasamba e Banda Vingadora se apresentam na Bamboa e Vinícius de Moraes recebe homenagem no Ulysses Guimarães.


Anitta Planeta Atlântida 2016 (Foto: Pedro H. Tesch / Agência Preview )O fim de semana também marca os últimos dias da mostra "Geração beat", no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

 

O espaço recebe também a exposição "Zeitgeist", com um panorama da nova cena artística de Berlim.

No teatro, as principais atrações são Marco Luque com "1, 2, 3, testando", no Teatro da Unip, a peça espírita "Encontros impossíveis", no Teatro dos Bancários, o fim da teporada de "Tudo sobre nossa vida sexual", no Teatro da Caesb, em Águas Claras, "Até que o casamento nos separe", no Brasília Shopping, e os últimos dias do festival Palco Giratório, nas unidades do Sesc.


Pancadão
A cantora Anitta é atração nesta sexta e sábado na capital. No primeiro dia, ela sobe ao palco do "Arraiá da Faciplac", no Gama, ao lado do cantor Nego do Borel. A festa continua no sábado com Willian & Marlon e Só Pra Xamegar.

O show com Anitta e Nego faz parte da turnê “Os caras do momento”, que tem no repertório sucessos dos dois cantores. A apresentação intercala momentos em que cada um canta sozinho e números em conjunto.

Nego do Borel se apresenta nesta sexta no Arraiá Faciplac, no Gama (Foto: Washington Possato/Divulgação)Nego do Borel, que canta com Anitta nesta sexta
 

Entre as músicas de Anitta estão “Show das poderosas”, “Zen”, Blá blá blá”, “Quem sabe”, “No meu talento”, “Deixa ele sofrer” e “Bang”.

Nego apresenta “Bonde dos brabos", "Diamante da lama” “Brincadeira das maravilhas”,  “Não me deixe sozinho” e “Pretinha vou te confessar”.

No dia seguinte, Anitta é a atração principal do "Na Praia", na Orla do Lago Paranoá, atrás da Concha Acústiva. A festa tem ainda o cantor Thiago Martins.


MC Guimê canta no Capella Lounge, em Taguatinga, na sexta. Um dos mais famosos nomes do funk ostentação, o artista participa de festa que tem ainda o cantor Marcos Junior e a dupla Marcelo Lima e Alessandro.

. (Foto: Tico Fernandes/Divulgação)MC Guimê 

No repertório, MC Guimê apresenta sucessos como “Tá patrão”, “País do futebol”, “Plaquê de 100”, “Na pista eu arraso”, “Suíte 14”, “Fogo” e “Não roba minha brisa”. O evento tem início às 21h.

No mesmo espaço, o “Rei do baile”, MC Sapão, agita o “Baile da Tijuca”, no sábado. A festa tem início às 21h e conta ainda com DJ Kaká e o cantor sertanejo Rubinho Rocha, ex vocalista da banda baiana Oz Bambaz.

MC Sapão no palco de festa em Jurerê com a cantora Lexa (Foto: Agência 2Erres/Divulgação)O cantor MC Sapão

O show marca o lançamento do single ‘A resenha’, um “trap music” com letra do Sapão e produzido por DJ Tom, DJ Shark e Pedro Dash. O clipe da canção foi gravado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, durante participação do artista no evento Happy Holi, em abril.

Outras músicas presentes no show são “Vou desafiar você”, “Classe A, “Tô tranquilão”, “Doidelícia” e “Red label ou Ice”. “Rei do baile”, que tem clipe com participação de MC Guimê e Mr. Catra, é outro hit da apresentação.

Buchecha abre o Baile da Favorita no Planeta com 'Xereta' (Foto: Vinícius Costa/Agência Preview)O cantor Buchecha

Buchecha e Mr. Catra são as atrações de sábado da festa “Rio 40º”, na Orla do Net Live Brasília. A festa tem também o bloco carnavalesco Rio Eu Te Amo e o DJ Zuza.

Quem abre a noite é Buchecha, trazendo as músicas de “Funk pop”, disco lançado no ano passado. O trabalho traz regravações de sucessos da carreira dele, ao lado de nomes como Arnaldo Antunes, Paula Toller, Paralamas, Emicida, Lenine, Adriana Calcanhoto e Rogério Flausino.


Mr. Catra participa do show do Lulu Santos no Rock in Rio (Foto: Luciano Oliveira/G1)Mr. Catra

No repertório, canções como “Conquista”, “Só love”, “Quero te encontrar” e “Fico assim sem você”. O público também confere novidades como a faixa-título do trabalho mais recente e a música “Eu vou lá”.

Mr. Catra canta os hits desde o início da carreira, como “Vida na cadeia”, “Adultério” e “Quero hoje”. Uma participação dele no show de Buchecha não está descartada – lembrando que Mr. Catra fez uma ponta no clipe de “Gamou”, música do MC.

Mais música
Toquinho, Carlos Lyra, Wanda Sá e Quarteto em Cy são as atrações do Centro de Convenções Ulysses Guimarães neste sábado no show "Para sempre Vinícius de Moraes". O espetáculo começa às 21h30.

Toquinho (Foto: Marcos Hermes / Divulgação)O músico Toquinho, que presta tributo a Vinícius de Moraes neste sábado (30), no Ulysses Guimarães; show também tem Carlos Lyra, Wanda Sá e Quarteto em Cy

Entre as músicas do show estão clássicos da trajetória do "Poetinha", como “Se todos fossem iguais a você”, “Eu sei que vou te amar”, “Tempo Feliz”, “Água de beber”, “Tomara”, “Regra 3” e "Garota de Ipanema", parceria de Vinícius com Tom Jobim, composta há 54 anos.

Cena de clipe da música Paredão metralhadora, da banda A Vingadora, que se apresenta neste sábado (30) em Brasília (Foto: Assessoria A Vingadora/Divulgação)Banda A Vingadora

Para fechar o mês de aniversário da Bamboa, a Banda Vingadora apresenta o maior hit do Carnaval de 2016, "Paredão metralhadora", e músicas como “A minha mãe deixa”, “Eu tento evitar” e “Bota o coelho na toca”.

Com os bordões “dá solinho para mim” e “violino no poder”, o grupo liderado pela cantora Tays Reis traz diversas composições de “arrochadeira”, que mistura arrocha com pagode baiano.

Um dia antes, a Bamboa recebe a festa “Pagode da Patricinha”. No palco, o grupo Imaginasamba, DJ Ferrugem e DJ Gusttavo Carvalho fazem a animação. A meia-entrada de pista custa R$ 50 e a de camarote, R$ 70.

O lançamento do álbum “Proposta indecente” marca o show de pagode romântico do Imaginasamba. O disco tem músicas como a faixa-título, “Na alegria e na tristeza” e “Pretexto”.

Blues Etílicos tocou Alceu Valença, Toquinho e Vinícius de Moraes (Foto: Pedro Santiago/G1)A banda Blues Etílicos

O fim de semana também marca o fim do “Brasília Capital Moto Week”. A 13ª edição da festa tem nesta sexta show com a banda Blues Etílicos. A noite tem ainda apresentação do bluesman Duca Belintani.


Cinema
Até a próxima segunda-feira, o CCBB recebe a mostra cinematográfica “Geração beat”, com filmes inspirados em obras do movimento que reuniu escritores e poetas a partir do fim dos anos 1950. São 34 produções, boa parte inédita no Brasil. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Nesta sexta, são exibidos dois longas, "Häxan -A feitiçaria através dos tempos", às 19h, e "Garota existencialista", às 21h. No sábado, "Chappaqua – Almas entorpecidas" é a atração, às 16h. "Mistérios e paixões (Naked lunch)", um dos principais filmes que fazem referência ao movimento literário dos beats, tem sessão às 16h.



No Boulevard Shopping, na Asa Norte, o projeto “Sessão Azul” exibe no domingo, às 10h30, a animação "Procurando Dory", com adaptação especial para crianças autistas e familiares. Os ingressos custam R$ 14,50.

Mustafary é um dos personagens encarnados por Luque (Foto: Divulgação)Mustafary, personagem de Marco Luque

Teatro
Marco Luque vem a Brasília para o espetáculo "1, 2, 3, testando", nesta sexta e sábado, no Teatro da Unip. O ator apresenta personagens hilários que passaram a frequentar o programa "Altas horas", na TV Globo. Em cena, ele também interage com convidados e a plateia e mistura também stand up e improviso.

Os personagens Jackson Five, Silas Simplesmente e Mustafary, entre outros, são presença garantida no palco. Como é de praxe, o humorista leva sempre um convidado musical. Para Brasília, Luque trouxe Fernandinho Beat Box.

A peça “Até que o casamento nos separe” é a atração deste fim de semana no teatro Brasília Shopping. A montagem satiriza a vida matrimonial usando narrativa teatral, stand up comedy e improvisação, no sábado, às 20h, e no domingo, às 19h.

No palco, os atores Marco Zenni e Lilian Marchiori encenam a trajetória de um casal, das primeiras carícias aos eventuais atritos. Parte da peça é criada na hora, a partir de sugestões de temas do público.

Cena da peça Até que o casamento nos separe, em cartaz no sábado e domingo (30 e 31), no Brasília Shopping (Foto: Casa de Artistas/Divulgação)Cena da peça Até que o casamento nos separe, em cartaz no sábado e domingo (30 e 31), no Brasília Shopping


“Fazemos graça sobre o que mais incomoda na relação, tanto do ponto de vista da mulher quanto da visão masculina”, afirma Lilian. A montagem tem a dupla em situações de conflitos, afagos e todas as nuances de uma vida a dois.

Os atores Fabiana Kami e Bernardo Felinto, que encenam a peça "Tudo sobre a nossa vida sexual", em cartaz no Teatro dos Bancários do DF (Foto: Danilo da Mota/Magneto Fotografia/Divulgação)Cena de "Tudo sobre a nossa vida sexual"

“Tudo sobre nossa vida sexual” encerra a temporada no Teatro da Caesb, em Águas Claras, neste fim de semana. A montagem aborda situações típicas de relacionamentos, usando piadas ácidas e coreografias para explicar a diminuição do desejo entre um casal que está junto há três anos.

Para tentar reanimar a relação, o homem busca coisas novas para aumentar o apetite sexual de ambos, mas encontra resistência da mulher, que tem outros planos para manter a chama acesa.

Também termina neste fim de semana a 19ª edição do festival “Palco Giratório”, reconhecido como um maiores projetos teatrais do país. Neste ano, são 25 montagens em cartaz em diversas unidades do Sesc em Brasília.

Cena de "Punare e Baraúna", atração do Cena Contemporânea, em Brasília (Foto: Bernardo Rebello/Divulgação)Cena de "Punare e Baraúna", atração do "Palco Giratório"


A homenageada do circuito em 2016 é a atriz Maria Alice Vergueiro. Aos  81 anos, ela é considerada uma das grandes referências do teatro brasileiro, com passagens também pelo cinema e televisão.

O evento também oferece atividades paralelas para o público, como “Pensamento Giratório”, espaço aberto para reflexão e discussão sobre o trabalho e pesquisa dos grupos itinerantes, as “Aldeias”, mostras locais de artes cênicas e outras manifestações culturais, e “Oficinas e Intercâmbios”, encontros de grupos locais com integrantes do circuito para troca de ideias.

Protagonista do Filme 'Nosso Lar' Renato Prieto apresenta espetáculo no Amapá (Foto: Divulgação)Renato Prieto, ator de "Encontros Impossíveis

No Teatro dos Bancários, fica em cartaz neste sábado e domingo a peça "Encontros impossíveis", com o ator Renato Prieto, protagonista do filme "Nosso Lar". A peça traz uma visão bem-humorada do espiritismo. 

Escrita por Rodrigo Fonseca e dirigida por Gustavo Gelmini, a peça conta a história de Adão (Renato Prieto), um jornalista de meia-idade em fim de carreira, que de uma hora para outra começa a receber visitas inusitadas em seu apartamento.

Durante a trama, ele recebe a visita de pessoas que já morreram como Frank Sinatra, Marilyn Monroe, Freud, Madre Teresa de Calcutá, Martin Luther King, Jurdy Garland, Mahatma Gandhi, Chico Xavier e Carmem Miranda.


No Teatro da Caixa Cultural, a atração é o espetáculo "Memórias de um cão", do Coletivo Alfenim. A história é baseada em "Quincas Borba", obra de Machado de Assis. No palco, a trajetória de ascensão e queda de Rubião, um professor que ficou rico da noite para o dia depois de receber uma herança de seu benfeitor. Com história que se passa nos tempos da escravidão e às vésperas da abolição, a peça propõe uma abordagem crítica e política das relações sociais no Brasil.

Sala Clube Berlim, que faz parte da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília (Foto: Janaina Miranda/Estúdio Alecrim/Divulgação)Sala Clube Berlim, que faz parte da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília


Exposições
Um panorama da recente cena artística da capital alemã pode ser vista na exposição “Zeitgeist – A arte da nova Berlim”, em cartaz até 12 de outubro no CCBB. Neste fim da semana, o destaque é a "Performance Standard Time".

Espaço da mostra Zeitgeist, com instalação de Mark Formanek, em cartaz no CCBB de Brasília (Foto: Julia Lanari/Divulgação)Instalação de Mark Formanek, em "Zeitgeist

O evento tem obras de 29 artistas, entre pinturas, performances, fotos, videoarte, instalações, palestra e até festas, com o melhor da noite da cidade europeia.

A mostra pode ser vista de quarta a segunda, das 9h às 21h, e a entrada é gratuita. Um dos destaques é a palestra do fotógrafo e host (anfitrião) do clube Berghain, Sven Marquardt, no dia 1º de agosto. A atividade tem participação do curador da exposição, Alfons Hug.

Uma das finalidades da exposição é mostrar como se formou a cena cultural alemã depois da queda do Muro de Berlim, em 1989. A exposição trata da “reinvenção” da cidade e da transformação da vida improvisada dos anos 1990 até os dias atuais.

Entre o “caos aparente e a febre criativa”, Berlim vê surgir uma consistente produção artística, que acaba influenciando nomes de diversas vertentes do mundo todo.

Obra Le velle di Scampia, de Tobias Zielony, atração da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília (Foto: Eduardo Eckenfels/Divulgação)Obra Le velle di Scampia, de Tobias Zielony, atração da exposição Zeitgeist, no CCBB de Brasília

O nome “zeitgeist” – espírito de uma época – é um conceito que usa um acontecimento como significativo para se compreender um período, “a partir do qual a arte, a cultura e as relações humanas evoluem”.

Fãs de arte performática podem conferir uma exposição sobre o artista multimídia Ivald Granato na Caixa Cultural. A mostra reúne 130 obras que resumem os 50 anos da trajetória de um dos pioneiros da arte performance.

O artista performático Avald Granato, tema de exposição na Caixa Cultural de Brasília (Foto: Mila Maluhy/Divulgação)O artista performático Avald Granato, tema de exposição na Caixa Cultural de Brasília


O público pode conferir gratuitamente pastas-objeto, fotos originais, cartazes, roupas e acessórios usados em performances, ampliações fotográficas, livros, textos, estudos e vídeos originais de Granato.

Os trabalhos mostram uma mistura de diferentes modalidades de arte – dança, música, pintura, teatro, escultura e literatura – como um desafio às classificações habituais, colocando em questão a definição de arte.

Outra atração da Caixa Cultural é a exposição “Panorama Vera Sabino”, que reúne 40 obras da artista catarinense, que completa 50 anos de carreira. A mostra traz as raízes folclóricas e o universo mítico-mágico dela, com homenagem à colônia e aos imigrantes do país em temas como natureza, feminino e religião.


Ao lado de cada trabalho, há um poema de Semy Braga, marido da artista. Outro toque literário na exposição são os textos da escritora Michelline Barros, que assina a curadoria da exposição ao lado de Antonio Fasanaro. O evento exibe também o documentário “A ilha em mim”, da cineasta Suélen Ramos Vieira Vale, sobre a trajetória de Vera.

 

Fonte: *Via G1 - Clipping

COMENTÁRIOS