Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

SÓ COM AUTORIZAÇÃO: FAB restringe voos no espaço aéreo de Brasília para jogos da Olimpíada

Voos no Aeroporto JK serão mantidos; caças e helicópteros ficam 'em alerta'. Drones, asa-deltas, balões e voos de treino ficam proibidos durante partidas.

A Força Aérea Brasílieira (FAB) informou nesta terça-feira (2) que definirá "zonas de exclusão" no espaço aéreo de Brasília durante os Jogos Olímpicos, nos dias em que houver jogos no estádio Mané Garrincha.

 

Na próxima quinta, a movimentação aérea será restrita e monitorada entre 14h e 19h, por exemplo.Os detalhes serão apresentados em entrevista coletiva nesta quarta (3).

 

Na tarde de quinta, qualquer voo que pretenda cruzar o céu do Plano Piloto, do Sudoeste, do SIA e de áreas do Lago Sul e do Lago Norte terá que ser comunicado e autorizado pelo Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra).


Segundo a FAB, a operação do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek não será alterada nesse período. Em compensação, voos de treinamento, instrução e turístico serão proibidos em todo o DF e no Entorno.


A regra também impede a operação de paraquedas, parapentes, balões, dirigíveis, ultraleves, aeronaves experimentais, asas-deltas, aeromodelos e drones. O mesmo tipo de restrição será adotado nas outras subsedes que recebem futebol masculino e feminino na quinta – Manaus (AM), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP).


Sempre que o espaço aéreo estiver restrito ou fechado, aviões de caça e helicópteros ficarão em alerta. As aeronaves poderão interceptar qualquer voo que desrespeite as normas e coloque em risco a segurança dos Jogos.

No Rio de Janeiro, sede principal da competição, as restrições são ainda maiores. De acordo com a FAB, o tráfego aéreo será monitorado de modo ininterrupto entre os dias 3 e 22.

Caça da Força Aérea Brasileira escolta avião com tropas que vão atuar na segurança da Olimpíada no Rio de Janeiro (Foto: Mateus Rodrigues/G1)Caça da Força Aérea Brasileira escolta avião com tropas que vão atuar na segurança da Olimpíada no Rio de Janeiro

 

Fonte: *Via G1 - Clipping

COMENTÁRIOS