Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

"PODE ISSO, ARNALDO?": Veículos do SAMU deixam de atender emergências por falta de gasolina

Segundo um funcionário, o GDF não pagou os postos de combustíveis que abastecem as motos e ambulâncias e por isso oito deles ficaram a terça-feira (23/8) sem rodar

Oito veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ficaram sem rodar, nesta terça-feira (23/8), por falta de combustível.

 

Segundo um dos funcionários do SAMU, essa não foi a primeira vez que isso aconteceu. 

 

“Só esse ano foram três vezes que os veículos ficaram sem gasolina”, disse.  De acordo com o funcionário, o GDF tem convênio com alguns postos de gasolina que normalmente abastecem os veículos. Entretanto, esses postos não teriam recebido o pagamento na data combinada e por isso deixaram de abastecer as ambulâncias e motos.

 

Na tentativa de diminuir o prejuízo à população, o órgão tirou da garagem algumas ambulâncias que ficam guardadas para serem usadas em emergências.

Mesmo assim, houve casos em que o atendimento demorou mais que o normal.


 

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Saúde, pasta responsável, informou, no início da noite, que o fornecimento de combustível foi restabelecido. Já a assessoria de imprensa do Samu não quis comentar o caso e apenas confirmou que oito veículos ficaram parados por falta de gasolina.

 

 

COMENTÁRIOS