Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

MÁQUINA PÚBLICA INCHADA: Custo da Secretaria de Saúde paga plano de saúde para todos os brasilienses

ORÇAMENTO DA SECRETARIA DE SAÚDE É DE MAIS DE R$ 6 BILHÕES

Em recente desabafo, semanas atrás, o deputado federal Nelson Marchezan Jr (PSDB-RS) defendeu a extinção da Justiça do Trabalho, que custa cerca de R$ 18 bilhões por ano e só consegue assegurar ganhos de R$8 bilhões aos trabalhadores.

 

Para o deputado, seria melhor distribuir com os trabalhadores os bilhões economizados com o fim da Justiça do Trabalho.

Na Saúde, por analogia, a avaliação é que o orçamento das secretarias estaduais seria suficiente para custear planos de saúde para toda população.


 

No GDF, por exemplo, pessoal e despesas de custeio (remédios, comida, burocracia) representam 99% do orçamento. Sobra apenas 1% para investimento. Salários de funcionários públicos são 82% de todo o orçamento da Saúde.(Por:Tiago Vasconcelos)


Os R$ 6,2 bilhões do orçamento da Secretaria de Saúde do DF pagariam, com bastante sobra, planos de saúde para os seus 2,7 milhões de moradores.

O secretário de Saúde do GDF, Humberto Lucena, diz que se toda a população tiver apenas planos de saúde, haveria superlotação na rede particular.

A despesa com pessoal, na Saúde distrital, subiu de R$1,3 bilhão em 2013 para R$4,7 bilhões em 2015. O custeio congelou em R$1,5 bilhão desde 2013.

No geral, o Orçamento do Distrito Federal foi de R$ 31 bilhões em 2015, desse valor R$ 26,5 bilhões pagam os salários dos funcionários públicos. 

 

COMENTÁRIOS