compartilhar

ESTRAGOS DA CHUVA EM SAMAMBAIA: Recuperação de escolas e doação de telhas são prioridade na satélite

Em reunião hoje no local, o governador RR e a equipe de secretários definiram os próximos passos da força-tarefa após temporal que atingiu cerca de mil edificações

A prioridade do GDF na manhã desta sexta-feira (21) em relação às pessoas atingidas pelo temporal em Samambaia na madrugada de quarta-feira (19) para quinta-feira (20) é a distribuição de telhas e de cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

 

Mais de mil edificações tiveram avarias em decorrência da forte chuva.

Além disso, a recuperação estrutural das 17 escolas danificadas na cidade-satélite começou a ser feita. “A finalidade é que voltem a funcionar no início da semana que vem”, disse o governador Rodrigo Rollemberg.

O chefe do Executivo voltou à região na manhã de hoje para definir com a equipe de secretários de Estado os próximos passos da força-tarefa que atua desde quarta-feira para atender a população. “Ficaremos aqui enquanto a comunidade precisar e a vida voltar ao normal”, disse.

A reunião ocorreu na Creche Ipê Roxo, na Quadra 115. Após o encontro, o governador percorreu algumas quadras da região para acompanhar o trabalho de recuperação dos estragos provocados pela chuva.


As pessoas que tiveram o telhado destruído estão sendo cadastradas pela área social do governo de Brasília. Materiais que estavam no estoque de órgãos do governo serão entregues a famílias que não têm condições financeiras de reconstruir suas casas.

Resultado de imagem para chuva em samambaia df

“Pedimos a compreensão de todos porque daremos prioridade a quem precisa. Também contamos com a colaboração da população que possa doar materiais para os moradores de Samambaia”, disse Rollemberg.

 

A força-tarefa conta com cerca de 500 servidores de diversos órgãos do GDF e está sendo coordenada pela Secretaria das Cidades. A luz da região foi retomada desde o início da manhã de hoje.


Cinco pessoas ficaram feridas sem grande gravidade após o temporal. Foi registrada uma vítima fatal. O vigilante Carlos Henrique Ramos Freitas, de 32 anos, foi atingido por um muro que desabou e sofreu múltiplos traumas. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de Ceilândia, onde foi atendido e estabilizado.

No entanto, não resistiu e morreu no início da madrugada desta sexta-feira.

A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos vai custear o funeral de Carlos Henrique. “Lamentamos profundamente a perda dessa família e prestamos aqui a nossa solidariedade”, disse o secretário das Cidades, Marcos Dantas.


Doações para a população atingidaResultado de imagem para chuva em samambaia df

A Administração Regional de Samambaia organizou campanha de doação de materiais de construção. A entrega de donativos de empresários deve ser feita no ginásio de esportes, no Setor Urbano, Quadra 301, em frente à administração regional. Cidadãos comuns que tenham sobras de materiais também podem participar.

 

Servidores da área social do governo farão a triagem e a distribuição de acordo com as necessidades de cada morador. Há dois endereços como referência para quem quiser levar doações às famílias necessitadas: a Coordenação Regional de Ensino de Samambaia (Quadra 104, Conjunto 5, Samambaia Sul) e a Igreja Nossa Senhora das Graças (Quadra 431, Conjunto B, Samambaia Norte).

 

COMENTÁRIOS