Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

AGENTES PENITENCIÁRIOS: Categoria, em assembléia, resolve manter a paralisação

Nesta quinta (27), após decisão judicial, 160 presos foram levados à Papuda

Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (28/10), os agentes penitenciários decidiram manter a greve até que as reivindicações sejam discutidas com representantes do Governo do DF.

 

O encontro dos servidores ocorreu no dia seguinte à transferência de 160 detentos, que foram levados do Departamento de Polícia Especializada (DPE) para o Complexo Penitenciário da Papuda por força de decisão judicial.


Na quinta-feira (27), após o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) ajuizar ação, a Justiça determinou a transferência dos internos que estavam no DPE. Dois dias antes, um comboio com 95 presos foi impedido de entrar na Papuda por causa da greve dos agentes.

No retorno ao DPE, o grupo teve de passar por novo obstáculo, desta vez de policiais civis que faziam piquete no local.


Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil, o transporte de presidiários deve seguir normalmente nas próximas semanas, contando com o apoio de batedores do Departamento de Trânsito (Detran).


Novas transferências, no entanto, são consideradas de risco pelos agentes penitenciários. “Acatamos a decisão judicial, porém, o local onde os presos são recebidos estão superlotados, o que pode acarretar perigo para os agentes e os próprios detentos. Pedimos às autoridades que não voltem a tomar decisões como esta”, afirmou o presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias (Sindpen), Leandro Allan.

 

 

Fonte: *Via Metropole - Clipping

COMENTÁRIOS