Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

DIA DE FINADOS: Antecipando-se à 4a. feira, parentes e amigos já prestam homenagens

No feriado são esperadas cerca de 800 mil pessoas nos 6 cemitérios da Grande Brasília

Às vésperas do Dia de Finados, os cemitérios do Distrito Federal já começaram a receber visitantes que tornam o gramado mais florido.

Fugindo das restrições de acesso e grande movimentação da data, alguns preferem antecipar as homenagens aos entes queridos.

Na quarta-feira, a expectativa é que cerca de 800 mil pessoas passem pelos seis campos do Plano Piloto e cidades-satélites, que terão horário de funcionamento estendido.

Resultado de imagem para cemiterios df

“No Dia de Finados ninguém me encontra aqui. É muito tumulto”, explicou Janailda Moura, dona de casa de 45 anos, que aproveitou o domingo antes da data para ir ao Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. Ali, estão enterrados os corpos de seu marido, com quem conviveu por 15 anos, e de uma tia. Ambos foram vítimas da diabetes em um intervalo de 15 dias, há nove anos. “No início é só dor. Depois fica a saudade”, define.


Taxas

Janailda e o cunhado João Bosco, metalúrgico de 47 anos, costumam aproveitar a data para fazer manutenção no jazigo. Ontem, lavaram, limparam o local e colocaram flores. “Mesmo pagando as taxas do cemitério, é tudo muito largado”, disse a mulher.


Perto dali, Alberto Manoel da Costa, autônomo de 46 anos, também cuidava dos túmulos da avó e da tia. “A gente vem antes para cuidar e deixar tudo pronto para o dia. Temos tradição familiar e espiritual de velar os entes queridos. Só estamos aqui porque eles, um dia, viveram. A alma vai para um bom lugar e nós não podemos esquecer de quem foram”, acredita.

Resultado de imagem para cemiterios df

Mesmo assim, o autônomo crê que deveria ser papel da concessionária do cemitério zelar pelo espaço. “Afinal, a gente paga taxa”.


Apesar das reclamações dos visitantes, a empresa Campo da Esperança Serviços Ltda. garante que faz manutenção diária dos cemitérios, com serviços de irrigação, adubação, limpeza das placas de identificação das sepulturas, recolhimento de lixo e corte da grama. Duas vezes por ano, novas pinturas são feitas, assim como a dedetização.


A empresa esclarece que “qualquer sepultura com jardins e adornos deve ser cuidada pelos proprietários, uma vez que são bens imóveis”. Nessas situações, a concessionária só pode trabalhar com autorização da família por meio da contratação do serviço de manutenção, ao custo de R$ 37 mensais.


Horário de visitas será ampliado

Em 2 de novembro, os portões dos cemitérios serão abertos uma hora mais cedo, às 7h, e só fecharão às 19h. Durante o dia serão celebradas missas. De acordo com o Campo da Esperança Ltda., que administra os seis espaços do DF, o acesso de veículos aos cemitérios de Planaltina e de Brazlândia será proibido.

Resultado de imagem para cemiterios df

Nas demais unidades, a entrada será restrita aos veículos que tiverem a autorização de vaga especial ou de pessoa com deficiência emitida pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF). Na Asa Sul, em Taguatinga, no Gama e em Sobradinho haverá transporte coletivo gratuito dentro do cemitério.


Segurança

A segurança será reforçada, com 38 vigilantes a mais que os 50 que já trabalham regularmente. Haverá, também, reforço da Secretaria da Segurança Pública e Paz Social, da Secretaria de Justiça e Cidadania, da Agência de Fiscalização do DF, das Polícias Militar e Civil, do Detran-DF e do Corpo de Bombeiros. Como todos os anos, não será permitida a presença de vendedores ambulantes no interior dos cemitérios. Nas áreas externas, a responsabilidade pela segurança, pelo trânsito e pela fiscalização será das administrações regionais, da Agefis, do Detran-DF e da Polícia Militar.


Saiba Mais

De acordo com a Unidade de Assuntos Funerários, vinculada à Secretaria de Justiça e Cidadania, uma equipe da pasta atuará em esquema de plantão nos seis cemitérios durante o Dia de Finados. A ação será feita em parceria com as Ouvidorias do Governo de Brasília.

Procurado, o governo ainda não anunciou se haverá operação especial para o feriado.


PROGRAMAÇÃO

Campo da Esperança (Asa Sul) – 916 Sul
Missas às 8h, 9h30, 11h, 12h30, 14h, 15h30 e
às 17h.
Cemitério de Brazlândia
Missas às 9h e às 16h.
Cemitério do Gama
Missas às 8h, 9h30, 11h, 12h30, 14h, 15h30 e às 17h.
Cemitério Santa Rita (Planaltina)
Missas às 8h, 9h30, 11h, 12h30, 14h, 15h30 e às 17h.
Cemitério de Sobradinho
Missas às 8h, 9h30, 11h, 15h e às 17h.
Cemitério São Francisco de Assis (Taguatinga Norte)
Missas às 8h, 9h30, 11h, 12h30, 14h, 15h30 e às 17h.

(*Por:Jessica Antunes)

 

Fonte: *Via JBr - Clipping

COMENTÁRIOS