compartilhar

CAIO JR PASSOU PELO GAMA: Morto na tragédia, técnico da "Chape" treinou o time brasiliense em 2005

Treinador teve uma rápida passagem pelo time candango quando ele estava na série B do Campeonato Brasileiro

O técnico Caio Júnior, que estava à frente da equipe da Chapecoense e é uma das vítimas fatais da tragédia aérea na Colômbia, teve uma breve passagem por Brasília.

Em 2005, ele treinou o time do Gama. “A passagem dele por aqui foi rápida. Ele nos ajudou quando estávamos na série B, chegou mesmo para apagar um incêndio”, declarou Wagner Marques, presidente do clube candango.

Resultado de imagem para caio junior no gama df

 

 

Abalado, Wagner Marques lembrou algumas características de Caio Júnior. “Ele era muito falante, muito educado, era diferente da maioria dos treinadores de futebol. Era uma pessoa de fácil conversa. Daquelas que a gente se orgulha em ter por perto”, completou.


Caio Júnior estava no avião que levava os jogadores da Chapecoense a Medellín, na Colômbia, onde a equipe disputaria a primeira partida da final Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional nesta quarta-feira (30/11), e que caiu próximo ao aeroporto internacional da cidade. De acordo com as autoridades aeronáuticas colombianas, há mais de 70 mortos.

 

Além do time da Chapecoense, havia jornalistas brasileiros, entre eles, profissionais da Fox Sport, como o ex-jogador Mario Sérgio Pontes de Paiva, comentarista esportivo da emissora.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS