compartilhar

DESCASO & ABANDONO: Sem uso, tomógrafo fica debaixo de goteira no Hospital de Base de Brasília

Secretaria afirma que houve vazamento e que tomou providências para preservar aparelho. Equipamento apresentou problema há seis meses, dizem funcionários.

Imagens feitas pelo internauta Henrique Martins mostram um dos tomógrafos do Hospital de Base, maior unidade da rede pública do Distrito Federal, trancado sem uso dentro de uma sala e debaixo de goteira.

À TV Globo, a Secretaria de Saúde informou que houve um vazamento de água na sala e disse que tomou providências para preservar o equipamento. Além disso, disse que a sala está passando por reforma.


Funcionários afirmaram que o tomógrafo está sem uso há seis meses. Ao todo, a rede pública conta com 12 aparelhos, mas a maioria deles está quebrado. Cada equipamento tem capacidade para fazer até 60 exames por dia. A secretaria encontra dificuldades para fazer contratos regulares de manutenção.


O exame de tomografia serve para identificar lesões menores ou anomalias que não podem ser vistas em uma radiografia comum. Ele é mais barato e mais rápido que uma ressonância magnética e ajuda a identificar fraturas, derrames, tumores e problemas em "tecidos moles". As empresas que fabricam os equipamentos do Base não ficam no Brasil, e todas as peças precisam ser importadas, o que prolonga os prazos para a manutenção.

 

COMENTÁRIOS