Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

SAIDÃO DE ANO NOVO: Presos com o benefício que não voltarem hoje são considerados foragidos

O prazo para se apresentarem foi às 10h, para os internos que não trabalham, e às 18hs para os que trabalham. Na última quinta 31), 1.326 presos foram liberados para o feriado de Ano Novo


Os presos em unidades prisionais do Distrito Federal liberados para o saidão do Ano-Novo têm de retornar nesta segunda (4) aos presídios.

 

 

O prazo para se apresentarem foi às 10h, para os internos que não trabalham, e às 18hs para os que trabalham.

 

Na última quinta-feira (31), 1.326 presos foram liberados para o feriado de Ano Novo.


A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), por meio da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), informa que o direito é concedido aos detentos que estejam cumprindo pena em regime carcerário semiaberto e que tenham sido beneficiados cumulativa ou isoladamente com autorização para saídas temporárias, para trabalho externo efetivamente implementado ou para saídas quinzenais – para fins de visitas aos familiares.


O afastamento temporário é previsto pela Portaria nº 6/2001 alterada pela Portaria nº 12/2001, desde que os detentos tenham gozado do benefício, ininterruptamente e sem ocorrências, pelos últimos seis meses.


Os presos que cometerem infrações durante o saidão perdem todos os direitos já alcançados e a pena do novo crime soma-se às outras.


A assessoria da Sesipe informou que até a próxima quarta-feira (6) deve ser publicado balanço com os números de quantos internos retornaram, se houve fugas e ocorrências de crimes e óbitos no período.

 

COMENTÁRIOS