compartilhar

AEDES AEGYPTI: Secretaria de Saúde notifica 23.739 casos de dengue desde janeiro

Boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (7) informa que 17.760 ocorrências foram confirmadas em moradores de Brasília

A Secretaria de Saúde registrou 19.864 casos confirmados de dengue – doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti – desde o início deste ano.

 

Desses, 17.760 referem-se a residentes no Distrito Federal e 2.104, de outras unidades da Federação.


Os dados fazem parte do informativo nº 49/2016, divulgado nesta quarta-feira (7). Segundo o documento, houve, no total, 23.739 ocorrências suspeitas de dengue.


Do total, 21.267 dos pacientes moram na Grande Brasília. Seis cidades-satélites concentram 56% da incidência de infectados. São elas: Brazlândia (1.943), Ceilândia (1.918), São Sebastião (1.745), Taguatinga (1.468), Planaltina (1.420) e Samambaia (1.379).

O boletim ainda mostra que 41 diagnósticos foram classificados como graves, e em 22 deles os pacientes morreram.

Febre chikungunya e zika vírus

O informativo ainda traz dados do zika vírus e da febre chikungunya – também transmitidas pelo Aedes aegypti.  No primeiro caso, foram identificados, desde janeiro, 197 casos no DF. Desses, 174 ocorreram em Brasília e 23 em outros lugares.

A pasta também identificou 40 gestantes infectadas pelo zika (26 de Brasília e 14 de outras unidades federativas). Delas, 31 tiveram bebês: 28 não apresentaram nenhuma intercorrência; dois bebês morreram e um teve intercorrência. A secretaria investiga se há relação do vírus com as mortes.

Quanto à febre chikungunya, foram 153 pessoas confirmadas com a doença em Brasília, 10 delas residentes em outras unidades da Federação.

 

COMENTÁRIOS