compartilhar

BANDIDOS IMPORTADOS: Polícia prende 4 por série de explosões a caixas eletrônicos na Grande Brasília

Dois presos foram trazidos do Rio Grande do Norte. Grupo agiu em pelo menos seis ocorrências desde junho.

A Polícia Civil do Distrito Federal identificou uma mulher e prendeu três homens suspeitos de participar de pelo menos seis explosões de caixa eletrônico desde junho.

 

A mulher está detida desde 22 de novembro, um homem foi preso nesta quinta-feira (8), no Paranoá e os outros dois foram trazidos de avião do Rio Grande do Norte para Brasília, também nesta quinta. Três suspeitos estão foragidos.

Dinheiro de explosão de caixa eletrônico (Foto: Polícia Civil/Divulgação) Dinheiro de explosão de caixa eletrônico (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Dinheiro de explosão de caixa eletrônico


Segundo o chefe da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (DRF), Fernando Costa, a primeira participação do grupo foi em em junho.

 

A mais recente foi a explosão em uma agência do BRB em Samambaia, em 22 de novembro, quando dois caixas eletrônicos foram explodidos de madrugada.


Os mandados de prisão foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Samambaia. De acordo com o delegado, o grupo não é do Distrito Federal e morou provisoriamente em uma invasão no Setor de Clubes Sul. “Como Brasília tem uma posição geograficamente central, ela atrai os olhos de criminosos de outros locais”, disse.

O grupo deve responder por explosão, organização criminosa, furto qualificado mediante arrombamento e concussão de pessoas.


Estatísticas
Só nesta semana foram três ataques contra caixas eletrônicos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, foram registradas 30 ocorrências de arrombamento de caixas eletrônicos desde o começo do ano até 21 de novembro.

 

Desse total, 26 foram de furto – sendo 19 “consumados” e 7 tentados. Houve também quatro registros de roubos – dois efetivos e dois tentados. Em todos os casos, foram usados explosivos, maçaricos ou outros meios de arrombamento.

Nos casos em que os ladrões conseguiram levar dinheiro, os montantes variaram de R$ 2 mil a R$ 208 mil. As localidades com maior número de casos são Plano Piloto e Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA).


Em todo o ano de 2015, foram reportadas 30 ocorrências de furto em caixas eletrônicos, sendo que 17 foram tentados e 13 consumados. Dos registros de roubo, foram 15 situações, sendo 5 tentados e 10 consumados.

“A SSP elabora, mensalmente, um estudo no qual indica os dias, horários e locais de maior incidência dos crimes, como forma de coibir a atuação dos bandidos por meio da elaboração de estratégias de atuação: a Polícia Militar, no que diz respeito ao policiamento ostensivo, e a Polícia Civil, na investigação e na tentativa de desarticular quadrilhas especializadas no crime”, informou a secretaria.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS