Image and video hosting by TinyPic

 

Image and video hosting by TinyPic

 

compartilhar

R$ 780 MIL: Carnaval de rua de Brasília terá apoio do GDF, via Secretaria de Cultura. Não terá escolas de samba

O dinheiro será investido em estrutura e outros órgãos governo atuarão na logística e na segurança

"Não é possível pela realidade financeira do momento fazer o repasse de recursos para as  escolas de samba. A gente lamenta muito”- Guilherme Reis, secretário do Cultura do GDF

secretário de CulturaO governo de Brasília oferecerá apoio aos blocos de rua para o carnaval de 2016. Com recursos próprios, a Secretaria de Cultura investirá R$ 780 mil em estrutura. 

 

Outros órgãos do Executivo local também atuarão com apoio logístico e de segurança, por exemplo.


O subsecretário de Infraestrutura de Turismo, da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Sandro Cunha, e o secretário de Cultura, Guilherme Reis 
O subsecretário de Infraestrutura de Turismo, da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Sandro Cunha, e o secretário de Cultura, Guilherme Reis

O anúncio foi feito pelo secretário Guilherme Reis, nesta terça-feira (5), durante entrevista coletiva na sede da pasta (Anexo do Teatro Nacional Claudio Santoro).

 

"Esse apoio será totalmente de estrutura, para banheiros químicos, gerador, som, palcos, alambrados e, na medida do possível, para carros de som e trios elétricos", detalhou Reis. Segundo ele, nenhuma verba será destinada para contratações artísticas.


Escolas de samba
Devido à situação financeira da capital federal, assim como em 2015, as escolas de samba não receberão recursos públicos. "Pela realidade do governo nesse momento, não é possível fazer repasses", ponderou o secretário de Cultura.

 

COMENTÁRIOS