compartilhar

1000 PESSOAS PROTESTAM: Manifestantes contrários à PEC do Teto se reúnem na Esplanada

Área foi interditada nas primeiras horas desta terça-feira (13/12). Durante a revista, máscaras, vinagre e bolas de gude foram apreendidas

Cerca de 1.000 manifestantes estão reunidos na Esplanada dos Ministérios para protestar contra a PEC do Teto, aprovada no Senado nesta terça-feira (13/12). De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), policiais militares iniciaram as revistas pessoais às 7h e aproximadamente 100 máscaras foram apreendidas, além de vinagre (usado para cortar o efeito das bombas de efeito moral) e bolas de gude.


Três pessoas foram presas durante a revista. Elas foram conduzidas para a 5ª Delegacia de Polícia (área central). Duas delas vieram de Uberlândia-MG e portavam máscaras com carvão ativado e bolas de gude. Elas foram assistidas por advogado, assinaram termo circunstanciado e, em seguida, foram liberadas. A terceira pessoa detida estava com pequena quantidade de droga e foi liberada.

Rafaela Felicciano/Metrópoles

De acordo com a Secretaria de Segurança, o reforço nas revistas possibilitou o recolhimento de diversos objetos cortantes e inflamáveis, como um pequeno botijão de gás, galão de combustível, canivete e máscaras.


 

“É importante explicar que as apreensões são feitas para garantir uma manifestação pacífica. O procedimento adotado pelos policiais tem o objetivo de garantir a integridade física dos próprios manifestantes que vão à Esplanada dos Ministérios com intuito de expressar suas ideias de forma legítima, dos profissionais de imprensa e de segurança pública. Também é uma medida para preservar os patrimônios público e privado”, explicou a pasta em nota.


Trânsito
Os dois sentidos do Eixo Monumental estão fechados a partir da Rodoviária e só serão liberados para o trânsito de veículos duas horas após o término da manifestação popular, o que deve ocorrer ao fim da votação do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição 55, que estabelece um limite para os gastos públicos pelos próximos 20 anos.


Os manifestantes poderão ocupar apenas o gramado central da Esplanada. Nas vias S1 e N1, ficarão viaturas e profissionais de segurança pública.

Ainda segundo a SSP, dois movimentos populares comunicaram à pasta o interesse em realizar protestos: a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas). Apenas este último informou que a expectativa de público é cerca de duas mil pessoas até o fim do dia.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS