compartilhar

DOM PAULO ARNS: Bispo de Brasília, que é primo de D. Paulo, diz que cardeal foi exemplo para vida religiosa

Dom Leonardo Steiner foi ordenado padre e bispo por Dom Paulo Evaristo Arns; na terça-feira visitou o cardeal e voltou para Brasília. Agora se prepara para a despedida em São Paulo.

Dom  Leonardo Ulrich Steiner, Bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB é primo-irmão de Dom Paulo Evaristo Arns.

 

Os dois nasceram na pequena Forquilhinha, em Santa Catarina. Dom Leonardo lembra o primo como um exemplo de amor e doação “Dom Paulo nos ensinou como viver, como podemos doar nossas vidas e nos colocarmos à serviço do outro”.

 

Em Brasília desde 2011, Dom Leonardo foi ordenado padre em 1978 e bispo em 2005 pelas mãos do primo que segundo ele serviu de exemplo para o despertar da vida religiosa.

Resultado de imagem para dom leonardo steiner“Na terça-feira (13) estive com ele no hospital. Numa das mãos Dom Paulo segurava a cruz peitoral, a outra estava solta, eu segurei e recebi de volta um leve aperto de mão. Foi uma grande alegria”, disse Dom Leonardo nesta quinta-feira (15) enquanto se preparava para viajar de novo para São Paulo onde irá participar dos funerais. O enterro está marcado para esta sexta (16), às 15h na Cripta da Catedral da Sé.


O Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns morreu na quarta-feira (14) aos 95 anos, em decorrência de uma broncopneumonia. Ele tinha 95 anos, bem mais do que o primo que completou 66 anos em novembro. Mas os dois sempre tiveram uma convivência especial, afirmou o Bispo auxiliar de Brasília.


O pai de Dom Paulo, Gabriel Arns, era irmão da mãe de Dom Leonardo, Carlota Arns Steiner. Dom Paulo tinha 12 irmãos, Dom Leonardo 15. A família numerosa sempre foi muito religiosa, diz Dom Leonardo. E acrescenta que o primo foi “um pastor símbolo da fidelidade à palavra de Cristo e aos ensinamentos da Igreja.”

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS