compartilhar

DIREITO: UnB perde liderança em aprovações na OAB-DF para o IDP, faculdade cujo dono é ministro do STF

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FICOU COM 60,87% E IDP COM 65,12%. AO LADO, FOTO DA INSTITUIÇÃO, QUE É DE PROPRIEDADE DO MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF) GILMAR MENDES.

A Universidade de Brasília (UnB) não foi, pela primeira vez na história, a instituição de ensino que mais aprovou em uma edição do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Distrito Federal.

 

Na última prova de 2016, os acadêmicos de direito da UnB tiveram 60,87% de sucesso no teste, enquanto que os alunos da Escola de Direito de Brasília (EDP) do Instituto de Direito Público (IDP) – a faculdade mais bem colocada na capital federal – conseguiram 65,12% de aprovação.


 

A instituição, que é de propriedade do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, atingiu um índice de aprovação acima da média.

 

O da UnB ficou abaixo do esperado. O número coloca o IDP na primeira colocação de um ranking com 43 faculdades da capital brasileira.


No país, a primeira colocada foi a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com 80,85% de aprovação.

As classificações foram calculadas a partir da consolidação do resultado da segunda fase do Exame da Ordem, realizado em junho de 2016.


A OAB não faz ranking das melhores escolas, apenas divulga os resultados que podem ser compilados a partir dos percentuais.

A UnB ainda não respondeu às solicitações de entrevista da reportagem.

 

Fonte: *Via Diario do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS