compartilhar

REAJUSTE DAS TARIFAS: Manifestação na Rodoviária do Plano Piloto teve início pacífico // VEJA VIDEOS

Ao som de “Pula, sai do chão, contra o aumento do busão”, estudantes já ocupam a Rodoviária do Plano Piloto, em protesto contra o aumento das passagens.

A manifestação teve início por volta das 17h30 e, até o inicio da noite, seguia pacífica.

 

Ainda não se sabe o número exato de manifestantes, mas, pelas redes sociais, mais de 6 mil pretendiam comparecer aos protestos.


Os jovens estão dando uma volta pelo local gritando palavras de ordem e exibindo faixas contra a medida anunciada pela Secretaria de Mobilidade. Na Rodoviária, a Polícia Militar também marca presença, cercando o grupo.

“Catracaços”

Pelo Facebook, diversos militantes informaram que iriam realizar “catracaços” para ir até a Rodoviária do Plano Piloto. Na Estação Águas Claras, não houve registro de manifestação. Já na Praça do Relógio, o Metrô ficou parado por conta das pessoas que pularam as catracas.


Segundo os estudantes que passavam pela estação da Praça do Relógio, eles foram espontaneamente e não pertencem a nenhum grupo. Um dos estudantes, identificado apenas como Mateus, afirmou estar indo para a manifestação por “não ser ‘trouxa'”. Ele preferiu não ser fotografado por “temer represálias” e endossou o grito comum dos protestos contra o aumento do preço das passagens: “Cinco reais é roubo”.


A Polícia Militar abordou um grupo de jovens no Metrô, mas segundo um dos militares, a ação não foi motivada pela marcação do catracaço. Eles disseram ter sido atividade rotineira devido à reincidência de usuários de drogas na estação Praça do Relógio.


Os militares também revistaram a equipe do Jornal de Brasília enquanto registrava as abordagens. Eles afirmaram ser apenas para se certificar que o repórter e fotógrafo não estavam ligados aos jovens supostamente detidos com drogas.

Confira os vídeos da manifestação na Rodoviária: 

*Com informações de Manuela Rolim e Eric Zambon

 

Fonte: *Via JBr/Clipping

COMENTÁRIOS