compartilhar

PENTE-FINO NA CADEIA DO SIA: Operação recolhe 60 celulares no centro de detenção e clima é tenso

No Centro de Progressão Penitenciária (CPP) ficam os presos que progrediram para o regime semiaberto

Uma operação sigilosa do Diretoria Penitenciária de Operações Especial (DPOE) apreendeu ao menos 60 celulares em duas alas do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), onde ficam os presos que progrediram para o regime semiaberto, ou seja, trabalham durante o dia e retornam para a cadeia à noite. 


Os quase 80 agentes que participaram da ação localizaram ainda drogas e facas dentro das celas.
 
Proporcionalmente, foi a maior apreensão de celulares no CPP — 30 por ala.
Na operação anterior, foram encontrados 93 aparelhos em quatro alas, um média de 23 por setor. 

O clima do CPP é de tensão, pois há uma comoção Brasil afora pelo descontrole nos sistemas prisionais. No total, o CPP tem 1.067 vagas, mas a lotação chega a 1.385, ou seja, 30% acima da capacidade.

 

COMENTÁRIOS