compartilhar

LEVANTAMENTO: Preço do m² para venda em Brasília atinge maior valor dos últimos 2 anos e meio

VivaReal aponta que Capital Federal é também a mais cara de todo o Brasil

O preço médio do m² para venda em Brasília atingiu R$ 8.403 no quarto trimestre de 2016, maior valor dos últimos dois anos e meio. Em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 7.917), a valorização nominal de 6,13%.

 

O DMI-VivaReal, levantamento realizado pelo VivaReal (www.vivareal.com.br), contemplou uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões do País e considerou mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel. 

Clique aqui para acessar a íntegra da pesquisa com dados do mercado imobiliário de Brasília e cidades satélites.


A média nacional do valor do m² para venda é de R$ 4.846,00 no quarto trimestre de 2016. A valorização nominal foi de 1% em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 4.800,00). Brasília lidera a lista das cidades com valor de venda mais alto do Brasil, R$ 8.403,00/m².

A lista também conta com Rio de Janeiro (R$ 7.391,00/m²), São Paulo (R$ 6.829,00/m²), Recife (R$ 6.097,00/m²) e outras.


Em relação ao quarto trimestre de 2015, os bairros brasilienses com maiores valorizações para venda no último trimestre de 2016 foram Lago Sul (23,4%) e Lago Norte (8,4%). Já as maiores desvalorizações foram na Asa Norte (-2,6%), Sudoeste (-1,7%), Park Way (-1,6%) e Asa Sul (-1,4%).


O preço nominal médio do m² para aluguel em Brasília foi de R$ 32,40 no quarto trimestre de 2016, maior valor desde o segundo trimestre de 2016. Em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 32,26), a valorização foi de 0,43%.

 

O preço nominal médio do m² para aluguel no Brasil atingiu R$ 23,40, apresentando uma queda de 8,3% no quarto trimestre de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 25,51). São Paulo lidera a lista com o valor do m² de R$ 35,71, seguida por Rio de Janeiro (R$ 33,33/m²), Brasília (R$ 32,40), Santos (R$ 29,09/m²) e Recife (R$ 25,00 m²).


Em relação ao quarto trimestre de 2015, o único bairro da Capital Federal com valorização positiva para aluguel no último trimestre de 2016 foi o Lago Sul (10,9%). Já os mais desvalorizados foram Lago Norte (-8,2%), Asa Sul (-5,6%), Sudoeste (-2,5%) e Asa Norte (-0,8%).


Maioria dos brasilienses procuraram por imóveis acima de R$ 1 milhão

O índice DMI-VivaReal também acompanha a demanda de venda por imóveis. No quarto trimestre de 2016, 33,3% dos consumidores brasilienses buscaram imóveis para comprar e 66,7% para alugar. No último trimestre do ano, 37% dos consumidores procuraram por imóveis de até 51 m² e a oferta relativa desses imóveis foi de 33%. No que diz respeito ao número de dormitórios, 34,95% procuraram imóveis de um dormitório, enquanto a oferta relativa é de 35,15%.


Os imóveis com valores acima de R$ 1 milhão (35,99%) e entre R$ 501 mil e R$ 1 milhão (34,11%) foram os mais procurados, sendo que a oferta relativa representa 43,64% e 23,71%, respectivamente. Para os 17,22% que procuraram por imóveis de R$ 171 a R$ 350 mil, a oferta relativa disponível foi de 19,25%.


Ranking dos Bairros mais procurados para compra no quarto trimestre de 2016

  1. Asa Norte
  2. Asa Sul
  3. Noroeste
  4. Lago Sul
  5. Park Way
  6. Sudoeste
  7. Lago Norte

Ranking dos Bairros mais procurados para aluguel no quarto trimestre de 2016

  1. Asa Norte
  2. Sudoeste
  3. Asa Sul
  4. Lago Sul
  5. Lago Norte
  6. Octogonal
  7. Park Way

 

Fonte: *Via NBB/Brasília/Clipping

COMENTÁRIOS