compartilhar

PASSE LIVRE: No dia em que deveria voltar a funcionar, estudantes relatam falhas

Mesmo seguindo as instruções de validar duas vezes o cartão, viagens não foram liberadas para alunos. Como não tinha dinheiro trocado, um deles teve de desistir de embarcar.

Mesmo com o anúncio do DFTrans de que o Passe Livre Estudantil voltaria a funcionar nesta quarta-feira (1º), estudantes do Distrito Federal dizem que não conseguem utilizar o cartão no transporte público pela manhã.

 

Em nota, o órgão informou que o problema ocorreu por falha das empresas, que podem ser multadas por descumprirem a determinação do governo.


De acordo com o DFTrans, para reativar o cartão, os alunos deveriam passá-lo duas vezes no validador do ônibus ou do metrô. Mesmo seguindo as instruções, a estudante Ingrid Melo teve que pagar a viagem no dinheiro.

Ingrid Melo tentou usar o cartão, mas hoje não conseguiu (Foto: Ingrid Melo / Divulgação) Ingrid Melo tentou usar o cartão, mas hoje não conseguiu (Foto: Ingrid Melo / Divulgação)Ingrid Melo tentou usar o cartão, mas hoje não conseguiu

"Eu recebi um e-mail com todas as orientações dizendo que hoje [esta quarta] o cartão de estudante ia estar liberado, como estava com um pé atrás eu levei dinheiro por garantia. Quando eu entrei no ônibus tentei as duas vezes, como eles tinham aconselhado, mas não passou", afirmou.


Ingrid conta que mesmo sem aula utiliza o cartão para ir ao estágio, pois desde o ano passado solicitou viagens adicionais, porém nem assim ele funcionou. "Eu tenho acesso adicional e não consegui usar", disse.


Ela conta ainda que, no momento em que embarcava no ônibus, viu um rapaz também tentando usar o Passe Estudantil. Não funcionou. Como não tinha dinheiro trocado, foi obrigado a descer do veículo.


"Ele tentou as duas vezes e não passou. Aí ele deu uma nota de R$ 50 para pagar a viagem e o cobrador disse para ele descer do ônibus e trocar o dinheiro", afirmou.


Indignados com a situação, usuários foram reclamar da situação na página do DFTrans em redes sociais. A internauta Gabriela Silva questionou o porquê do anúncio, já que não está valendo, "passou nada. Não funcionou. Agora pra que estipula uma data. Tem o trabalho de fazer um anúncio desse. Pro serviço não prestar??? Qual a lógica?", perguntou.


Já o estudante Cahlixto Ribeiro afirma que, mesmo com o cadastro atualizado, o cartão não funcionou. "Apesar do meu cadastro está tudo certo, a instituição ter enviado os documentos exigidos por vocês e em tempo hábil, o PLE, na data de hoje 01/02, ainda encontra-se bloqueado, no qual o dia que os senhores informaram que ia voltar a funcionar. Por favor cumpra o que é publicado."


Entretanto, nem todo mundo ficou sem o acesso do Passe Livre hoje. A estudante de fisioterapia, Layanne Sousa afirmou conseguiu embarcar no ônibus com o cartão. "Eu fiquei com medo, afinal não está dando pra confiar nos emails que o DfTrans está enviando aos alunos. Mas eu usei e não tive nenhum erro", disse.


 

Atualização cadastral

 

Até o fim de fevereiro, o órgão promete atualizar a base de dados e bloquear esses cartões, deixando no sistema apenas quem estiver matriculado. Para isso, as escolas e faculdades da rede privada têm até o dia 17 para enviar ao DFTrans a lista atualizada de alunos. Onde isso não for feito, há risco de que os cartões de toda a instituição sejam cancelados.


O cancelamento coletivo também pode acontecer se, ao longo dos próximos meses, as escolas falharem no envio da lista mensal de frequência dos alunos. A fiscalização tinha sido prometida no ano passado, durante o recadastramento dos alunos, mas nunca foi colocada em prática. Desta vez, segundo o governo, o sistema está atualizado e vai permitir esse acompanhamento.

 

Fonte: *Via G1/Clipping

COMENTÁRIOS