compartilhar

LÁ VEM PROBLEMAS: Ano letivo na rede pública da Grande Brasília já começa com indicativo de greve

Nesta 2a. feira haverá assembléia geral dos professores, convocada pelo SinPro.

Nesta sexta-feira (10) começou o ano letivo para alunos da rede pública. E os problemas já começaram aparecer.

 

Entre eles, o indicativo de greve dos professores, escolas sem manutenção e a dificuldade com os cartões do DFTrans.

 

As aulas retornaram hoje, mas o Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro) já convocou a categoria para Assembleia Geral para esta segunda (13), com indicativo de greve.

 

O GDF também não renovou os contratos com as empresas que fazem a manutenção das escolas.

O secretário de Educação, Júlio Gregório, alegou que a licitação para a contratação foi embargada pelo Tribunal de Contas do DF.

 

Apesar da contratação de professores temporários, alguns pais reclamaram da falta de docentes nesta sexta. Em entrevista ao programa Gente Brasília, da rádio Band News FM, Gregório afirmou que vai verificar o que houve.

 

Outro problema que se repete é em relação ao Passe Livre Estudantil. Nesta semana centenas de alunos lotaram os postos de atendimento na rodoviária do Plano Piloto e na Galeria dos Estados, na tentativa de reativar os cartões.

 

O diretor do DFTrans, Léo Carlos Cruz, afirmou que um erro  interno no sistema de bilhetagem causou os problemas, mas que já foi corrigido. E garantiu que os cartões que não têm pendências nos cadastros e nem  defeito físico podem ser renovados diretamente nos ônibus.

 

Fonte: *Via Diário do Poder/Clipping

COMENTÁRIOS