compartilhar

SECRETARIA DA FAZENDA: Recuperados pelo GDF R$ 171 milhões em tributos não registrados em 2016

Cosméticos, material de construção, bebidas e vestuário. Essas são as principais mercadorias irregulares aprendidas pela Secretária de Fazenda do GDF no ano passado.

No total, foram feitos 2.579 autos de infração contra empresas que movimentavam mercadorias em condição fiscal irregular.

 

O montante resultou na entrada do crédito fiscal (imposto, multa, juros e correção monetária) equivalente a mais R$ 171 milhões.

O avanço da tecnologia tem dificultado a vida dos sonegadores de impostos na capital do País. Por ano, são investidos em média R$ 20 milhões na modernização dos sistemas da pasta de fiscalização. O Posto Fiscal Eletrônico da Secretaria de Fazenda, no Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA), direciona as atividades de fiscalização com base em informações contidas nas notas fiscais eletrônicas destinadas ao Distrito Federal, o que dá mais precisão às inspeções.

Na semana passada, uma carreta que transportava material em Policloreto de Vinil (PVC) para o uso na construção civil foi interceptada e apreendida por auditores Fiscais do Posto Fiscal na BR-060 (Posto ANA).

 

 Durante a abordagem, foi descoberta grande quantidade de cigarros importados sem procedência fiscal misturada à carga original. O material está avaliado em cerca de R$ 3 milhões.

Ao perceber o flagrante, o motorista fugiu do local. A Polícia Militar foi acionada e até o momento o homem segue foragido. As mercadorias estão em procedimento de contagem e investigação de possíveis crimes.


As autoridades policiais também trabalham para localizar o dono da carreta. A partir desta identificação se espera localizar os demais envolvidos além do motorista.

 

Fonte: *Via Alô/Clipping

COMENTÁRIOS