compartilhar

LESÕES CORPORAIS E COAÇÃO: Integrantes do Sindicato dos Agentes Penitenciários são presos pela PCDF

O tesoureiro Adriano Ludovico e o secretário-geral Wesley Bastos foram detidos a pedido da Justiça por lesão corporal

Agentes da Delegacia de Captura Policial Interestadual da Polícia Civil do DF (DCPI) prenderam  na manhã desta quarta-feira (15/2) o tesoureiro do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal, Adriano Ludovico, e o secretário-geral da entidade, Wesley Bastos.


De acordo com a PCDF, a corporação cumpriu mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT). Eles foram condenados por lesões corporais e coação no curso de um processo movido por um apenado em 2011.

Giovanna Bembom/Metrópoles

Segundo o sindicato, devido ao entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que condenados em segunda instância devem ser presos mesmo se apresentaram recurso da decisão, o juiz de execução determinou o cumprimento da sentença.


 

A entidade informou ainda que auxilia na defesa dos detidos e já ingressou com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por acreditar na inocência dos agentes.

 

COMENTÁRIOS