compartilhar

TINTAS: Confira as cores preferidas dos brasilienses na hora de comprar carro

Segundo o Detran, houve uma mudança da preferência do brasiliense no ano de 2016, provavelmente por conta da crise econômica

No cadastro de veículos do Detran, composto por 1.674.778 veículos, é evidente a preferência do brasiliense pelas cores branca e prata, que lideram a frota circulante do Distrito Federal.

 

Em primeiro lugar estão os veículos de cor branca, com 573.072 unidades, representando 20,7% do total.


A cor prata é a segunda preferida dos candangos, chegando a 556.039 carros, ou seja, 20% do total.

 

A prata esteve na liderança em 2015. Mas, no ano passado, perdeu a liderança para a frota de veículos brancos, que continua crescendo.

 

Ambas são cores neutras, mas com uma diferença expressiva no valor. O carro prata costuma ser mais caro, de 3% a 5%.


O branco virou onda exatamente em meados de 2016, quando se agravou a crise econômica. Os carros dessa coloração são mais baratos e de fácil manutenção em caso de reparos na pintura. Mas há quem acredita que a cor passou a ter novo conceito a partir do momento em que deixou de ser exigida como padrão dos táxis na capital federal.


 

O carro prata também tem suas peculiaridades. Conforme os apreciadores do mercado, essa tonalidade destaca melhor o design do veículo, disfarça riscos e arranhões, assim como a sujeira, além de ser melhor avaliado no momento da troca ou venda.


A cor preta é a terceira mais procurada pelo brasiliense, representando 14,8% da frota. Bem abaixo das duas primeiras colocadas. São 410.457 veículos em toda a Grande Brasília, seguidos pelos vermelhos, que compõem 13,3% da frota, com 368.700 unidades.

A cor cinza equivale a 11,2% da frota circulante, com 310.732 veículos; e a azul, 7,7%, com 215.267 unidades. A cor verde é a que menos atrai o brasiliense. Representa somente 5% da frota do Distrito Federal, com 139.141 veículos. Outros tons como amarelo, marrom, grafite e demais, somam 7,1% do total da frota.

Vantagens e desvantagens das principais cores, segundo o site Portal do Trânsito:

 

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Preto – Carros pretos tendem a ser notados e são facilmente visíveis à luz do dia e ficam muito mais elegantes. Essa cor deixa o interior do carro mais quente e o automóvel de cor preta precisa ser lavado com mais frequência. Além disso, os riscos são mais aparentes.


Prata – Esta é uma boa cor porque reflete a luz durante a noite, além de ser visível como o branco e também tende a ficar limpo por mais tempo, uma vez que essa cor esconde mais a poeira. Na venda, essa cor é valorizada porque está entre as cores mais comuns e bastante procurada pelos compradores. São bem aceitos porque combinam com tudo e com todo tipo de comprador.


Branco – Branco é altamente visível à noite e traz aparência atraente na maioria dos carros. São fáceis de vender, têm preço mais baixo e fácil manutenção da pintura. Outra vantagem é a cor mais segura para trafegar à noite, já que reflete mais luz, mesmo no escuro com menos visibilidade.


Vermelho – Essa cor é geralmente utilizada por quem gosta de esporte. Representa adrenalina, o que é bom para esportistas. É também uma cor chamativa, por isso um carro vermelho pode ser mais difícil de ser vendido.

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS