compartilhar

QUASE R$ 10 MI POR ANO: Secretaria de Educação está de mudança e pode gastar até R$ 9,6 milhões

Acréscimo na despesa com aluguel seria suficiente para construir pelo menos uma escola, duas creches ou reformar cinco colégios

A Secretaria de Educação quer alugar um novo prédio para abrigar 1.387 servidores da área administrativa em um mesmo lugar e deve gastar quase o dobro do que já desembolsa atualmente com locação. 

 

 

Segundo pesquisa feita com consultores imobiliários, o aluguel mensal para esse tipo de imóvel custa entre R$ 750 mil e R$ 800 mil.

Por ano, o gasto pode sair até R$ 9,6 milhões. O acréscimo na despesa seria suficiente para construir pelo menos uma escola de porte médio, duas creches ou reformar cinco colégios.


Pelas exigências especificadas no projeto, a secretaria pretende alugar um prédio no Plano Piloto, com 18 mil m², banheiros especiais, rede lógica e elétrica instaladas, com pelo menos uma sala em condições de ser destinada a práticas pedagógicas, rampas para portadores de deficiência, programação visual de fácil compreensão e pontos para antena de TV.

Michael Melo/Metrópoles

Atualmente, a secretaria paga R$ 481.480,35 mensais pelo aluguel do prédio no Edifício Phenícia, localizado no Setor Bancário Norte (foto acima), o que totaliza R$ 5,7 milhões por ano. No entanto, a Subsecretaria de Administração Geral alega que não há espaço para toda a estrutura da pasta e a logística tem sido complicada.

 

“O propósito da medida é agilizar o fluxo de trabalho e a tomada de decisões, além de reduzir custos como, por exemplo, o de deslocamento entre uma unidade e outra”, afirmou a pasta, por meio de nota.


Enquanto parte dos empregados está no SBN, outros, como os do setor que cuida da gestão de pessoas, por exemplo, estão na 607 Norte. O pedido é para que todas as áreas fiquem alocadas no mesmo espaço para que o fluxo administrativo seja otimizado.


Embora o projeto básico alegue otimização do serviço, redução do custo com carro, gasolina e tempo dos funcionários, o prédio da Asa Norte é da própria secretaria. Portanto, hoje, o GDF não paga aluguel neste edifício.

Resultado de imagem para Secretaria de Educação df

(*Por:Manoela Alcântara)

 

Fonte: *Via Metropole/Clipping

COMENTÁRIOS