compartilhar

SAÚDE, RESPEITO E ALEGRIA: Campanha alerta foliões sobre cuidados com a saúde no carnaval

A Rodoviária do Plano Piloto foi palco de uma campanha de conscientização, na tarde desta quinta-feira (23), para alertar os foliões que vão participar do carnaval na capital federal.

 

O tema “Nossa folia é saúde, respeito e alegria” abordou assuntos como uso abusivo de álcool e drogas, sexo seguro e respeito à mulher. Além disso, a ação promoveu entregas de preservativos, exames de glicemia e pressão arterial. O projeto foi criado pela Secretaria de Saúde, em parceria com faculdades particulares e Detran, que orientou motoristas sobre a direção segura.


“Esse evento é para trabalhar, orientar e conscientizar a população com relação aos prejuízos que as substâncias psicoativas podem trazer para quem não tomar cuidado”, explica a representante da Saúde, Maria Garrido.

 

Segundo ela, é importante que as pessoas saibam diferenciar responsabilidade e diversão para não estragar a festa. “A gente trabalha com a perspectiva de êxito. A ideia é levar a informação para o máximo de pessoas e projetar o resultado positivo no carnaval”, acrescenta.

Para Gerlane Borges, 37 anos, moradora de São Sebastião, a iniciativa é positiva. “Eu acho super legal essa campanha. Deveria ocorrer mais vezes ao ano, e não só no carnaval”, comenta. Segunda ela, os planos para aproveitar a folia estão na lista do fim de semana, e, por isso, é importante relembrar os cuidados que todos devem ter durante o festejo. “Aproveitei que estava passando pela Rodoviária e vim saber o que estava acontecendo. Acabei participando”, conta.


A ação social voltada para o atendimento clínico contou com a participação de 14 estudantes de enfermagem e psicologia de dois centros universitários do DF. Eles prestaram os serviços à população em forma de trabalho voluntário e levaram experiência para a bagagem profissional. “É importante fazer parte de trabalhos sociais para a gente ganhar conhecimento. Estou aqui desde às 13h e já atendi mais de 30 pessoas”, comemora a estudante de enfermagem, Angélica Oliveira da Silva, 21 anos.


E não foi só folião que participou da ação. A campanha chamou atenção do motorista de ônibus, Levi Ferreira Britto, 43 anos. “Trabalho na Rodoviária, então não dava para perder”, comenta. Segundo ele, é importante que homem também tenha cuidado com a saúde, mesmo se não for para pular carnaval. “Eu estarei trabalhando, por isso, não vou para os blocos de rua. Mesmo assim, se conscientizar sobre esses assuntos nunca é demais”, aconselha.


A campanha também ofereceu um teste de perguntas e respostas sobre hábitos e costumes do cotidiano das pessoas. A ideia era investigar focos de possíveis dependências químicas e fazer o atendimento adequado para cada um. “Os agentes estão aqui com a nossa equipe para fazer um levantamento de uso de álcool e drogas. Se constatado dependência, damos acolhimento e encaminhamos para o Caps (Centro de Atenção Psicossocial)”, explica a representante da Secretaria de Saúde, Maria Garrido.

SERVIÇO

O Caps funciona no Setor Comercial Sul, quadra 5, bloco B, loja 7. O contato é 3226-463 (*Por:Lucas Campelo)

 

Fonte: *Via JBr/Clipping

COMENTÁRIOS