compartilhar

ADRENALINA: Vigilante acusa Celina Leão de formar quadrilha na Câmara Distrital

Celina entrará com processo de cassação de Chico Vigilante

A Câmara Legislativa está a ponto de entrar em ebulição política. No próximo dia útil da Casa, ou possivelmente nesta segunda-feira, 27, a deputada distrital, Celina Leão (PPS), protocolará um requerimento pedindo a cassação do mandato do petista Chico Vigilante por quebra de decoro parlamentar.

 

Celina toma a medida numa espécie de revide contra Vigilante. Neste sábado, 25, pela manhã, um áudio do deputado acusando a deputada Celina Leão e seus colegas de formarem uma quadrilha no comando da Casa e de montarem dossiês contra o petista foi publicado e repercutido no Guardian DF.

 

“É uma nota agressiva e desesperada que cabe uma ação por quebra de decoro parlamentar”, disse Celina referindo-se ao áudio.

 

Vigilante acusa Celina Leão de formar quadrilha na CLDF. Celina Leão processará Vigilante

Celina Leão, em contato com a reportagem, desmentiu as acusações. Rebateu também a matéria do Correio Braziliense. Garante que não “convocou” a ex-servidora do petista para uma reunião, a qual levantaria informações para denegrir a imagem de Vigilante. Segundo a ex-presidente da Casa, a mulher a procurou e, como de costume, a recebeu como recebe “todas as pessoas no gabinete”.

 

A distrital entrará contra Vigilante com ações nas esferas civil e penal também. “As acusações contra ele quem faz não sou eu. Apenas recebi as informações da ex-assessora dele. Tomei as ações jurídicas na época, não divulguei para ninguém”, argumenta. 

 

Celina também diz que tem conversas de whatsapp que provam que a mulher a procurou “com graves denúncias” contra o petista. Depois de ouvi-la, em setembro passado, Celina registrou o caso na Copol (Polícia Legislativa da CLDF) para que o parlamentar também tomasse conhecimento das acusações, conforme mostra o documento abaixo.

Leia a nota que foi divulgada pelo deputado Chico Vigilante:

 

MÁFIA NA CÂMARA LEGISLATIVA

 Áudios de escuta telefônica da Operação Drácon, revelados pelo Correio Braziliense, demonstram que a ex-presidente da Câmara Legislativa do DF, a deputada Celina Leão, do PPS, agia exatamente como chefe de uma organização criminosa, nos moldes da máfia siciliana. 

 

Isso porque Celina não estava disposta apenas a receber propinas, a parlamentar cuidava de preparar dossiês para assassinar a reputação de adversários e até dos familiares de seus desafetos.

 

Na louca cavalgada em que se meteu para tentar desviar o foco das investigações que podem levá-la para a cadeia, Celina Leão decidiu montar uma máquina de calúnia e difamação contra mim, minha equipe de trabalho e, pior ainda, contra a minha família. Como uma mafiosa sem escrúpulos, colocou cães de guardas para levantarem mentiras contra meus filhos.

 

Isso, não vou deixar barato. Celina e sua tropa de capangas vão pagar, na Justiça, essa infâmia contra minha família. Porque não se trata apenas de crime, mas também de desumanidade.

 

Essa falta absoluta de escrúpulos e esse descaramento em querer me atingir de qualquer forma confirmam aquilo que tenho falado, noite e dia, na tribuna do Parlamento: a Câmara legislativa do DF estava nas mãos de uma chefe de quadrilha.

 

É preciso que o governador Rodrigo Rollemberg, ele mesmo, segundo a reportagem do Correio, vítima da arapongagem clandestina dessa gente, tome logo uma providência em relação a esses crimes, por meio da Polícia Civil. Em meio às escutas, ficou constatado, por exemplo, que Celina Leão recebeu Jefferson Rodrigues Filho, responsável por ter invadido e clonado o celular do governador, com o objetivo de chantagear o governo.

 

De minha parte, irei também recorrer à Justiça contra uma ex-funcionária de meu gabinete, recrutada para as atividades criminosas de Celina Leão, que me acusa de tê-la demitida quando estava em tratamento de câncer. É uma mentira deslavada, típica de quem se vende à máfia.

 

Porque a lama dessa gente não me atinge, e a luta me fortalece, sempre.(*Por:Elton Santos)

 

Fonte: *Via The Guardin/Clipping

COMENTÁRIOS